“A agenda de Goiás é essa: da modernidade, do progresso, da compreensão e da união de esforços”, diz José Eliton

0
1445
Foto: Fernando Leite

O governador José Eliton participou, na noite desta sexta-feira (27), da abertura do 2º TereÔxente – Festival Gastronômico de Terezópolis, cidade situada entre Goiânia e Anápolis. “A agenda de Goiás é essa: da modernidade, do progresso, da compreensão e da união de esforços”, afirmou o governador José Eliton.

Ele estava acompanhado da primeira-dama e presidente de honra das Organizações das Voluntárias de Goiás (OGV), Fabrina Müller. “É um evento maravilhoso, eu fico muito feliz de vir aqui, hoje, nesse momento de celebração e confraternização das famílias, mas momento também de trabalho e geração de renda. Por isso que o governo de Goiás apoio esse evento, essa festa que guarda tradições e que faz as pessoas viajarem na literatura, nos aromas e nos sabores”, sentenciou.

O prefeito de Terezópolis, Francisco Alves Júnior, o Juninho, destacou a importância do apoio do Governo do Estado ao festival. Ele disse que, graças à parceria com o governo, a Prefeitura de Terezópolis ampliou, este ano, a área física do evento, o que garantiu maior adesão de parceiros na área de alimentação e feira de produtos.

“Essa festa não seria realizada com tanto zelo se não fosse a parceria com o governador José Eliton, a quem agradecemos por nos permitir realizar a segunda edição do festival”, afirmou.

Participaram do evento o deputado estadual Lucas Calil e o ex-vereador Thiago Peixoto, além de Joel Sant’Anna Braga, que representou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Festival  – Com o objetivo de promover a cultura nordestina com arte, música e gastronomia, o festival dá espaço para diversos pratos famosos oriundos do Nordeste do País. O cardápio apresenta pratos típicos como dobradinha, chambaril, bobó de camarão, tapioca e muitos outros. A maioria dos 8 mil moradores da cidade, que pertence à Região Metropolitana da capital, tem origem nordestina, por isso a referência à culinária regional

O artesanato produzido por artistas locais também tem lugar de destaque e está à venda em estandes no festival. Além de decorar a área do evento com ícones do folclore nordestino, as peças são comercializadas. Um exemplo é o chapéu do Lampião, campeão de venda no ano passado e que virou símbolo do TereÔxente.

O festival, além de apresentar as tradições nordestinas, valoriza a gastronomia e a cultura locais. O projeto agrega vários segmentos da comunidade: escolas, comércio, restaurantes, artistas, detentores de saberes tradicionais e muitos outros que marcam a história da cidade. Ele acontece de hoje a domingo (29), sempre a partir das 18 horas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here