Escola municipal recebe aluna com 80 anos

0
1763
Ephigênia nunca estudou e realiza o sonho de frequentar a escola / Fotos: Eulices Maria

Lívia Máximo

Aposentada matricula-se na Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos para realizar o sonho de frequentar escola e aprender a ler e escrever

Clique aqui para ler a matéria em PDF

Aos 80 anos, a aposentada Ephigênia Soares de Jesus tomou uma decisão: “Vou estudar!”. Aluna da turma de extensão de Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos (Eaja) da Escola Municipal Coronel Getulino Artiaga, na Vila Nova, em Goiânia, ela iniciou as aulas na semana passada. Exemplo para muita gente, inclusive para os colegas de sala, Ephigênia segue firme no propósito e já está se arriscando em leituras e escritas.

“Eu nunca estudei, morei na roça a vida toda. Mas agora fiquei sabendo dessa possibilidade e então decidi vir aqui procurar pela escola. Deu certo! Fiz a matrícula, já estou aqui e fui muito bem recebida pelas professoras, pelos colegas de sala. Graças a Deus eu tenho saúde e se ele quiser vou seguir até quando eu conseguir. Quero aprender muito!”, disse.

Fiz a matrícula, e já estou estudando e fui muito bem recebida pelas professoras, pelos colegas de sala. Graças a Deus eu tenho saúde e se ele quiser vou seguir até quando eu conseguir”, Ephigênia Soares de Jesus

Professora da turma, Regina Célia Prado de Oliveira mostra-se orgulhosa de ver o sucesso dos alunos.

“Para mim é uma satisfação imensa poder contribuir com a realização do sonho deles. Saber escrever o nome é para eles uma conquista muito grande, é uma representatividade da autonomia. E com tudo isso eu que saio ganhando em ver o quanto eles ficam felizes. Muitos começam do zero mesmo, e agora já sabe ler, escrever”, pontuou.

Outro exemplo é o aluno José Dilson dos Santos, que aos 63 anos de idade comemora o que já conseguiu aprender em dois anos de aulas na Eaja.

“Eu cheguei aqui sem saber nada, e hoje já sei ler e escrever. Isso mudou a minha vida completamente. Sou muito feliz por isso e grato às professoras daqui, que ensinam com tanto cuidado, carinho e amor cada um dos alunos”, afirmou.

Mais de 7 mil alunos cursam ensino fundamental na Eaja / Fotos: Eulices Maria

Rede municipal atende mais de 7 mil alunos

Na modalidade Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos (Eaja), a Prefeitura de Goiânia oferece, em 59 escolas da Capital, escolarização da alfabetização até o 9º ano, para quem ainda não está alfabetizado ou não concluiu o Ensino Fundamental na idade regular.

Para o gerente de Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos, Éderson Saraiva, a Eaja é o grande diferencial na vida de pessoas com idade acima de 15 anos de idade que não se escolarizaram.

“É pela Eaja, pelos princípios da educação popular que os educandos ampliam o leque de experiências e conhecimentos científicos produzidos pela humanidade e são incentivados a serem os autores da sua própria história, a dar novos significados e rumos à sua presença e atuação na sociedade”, afirma.

Goiânia oferece vagas em 59 escolas e 36 turmas de extensão / Fotos: Eulices Maria

Mais de sete mil alunos estão matriculados na modalidade de ensino e cerca de cinco mil vagas estão disponíveis. As matrículas podem ser feitas nas unidades escolares localizadas em diferentes regiões da cidade, no período noturno, ou pelo site www.goiania.go.gov.br, em qualquer época do ano.

No período matutino e vespertino, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) oferece ainda vagas nas 36 turmas de extensão que funcionam em espaços alternativos, em parceria com diferentes segmentos da comunidade.

“Ainda temos vagas, quem tiver interesse pode nos procurar. Será um prazer recebê-los”, afirma a coordenadora da turma de extensão da Escola Municipal Coronel Getulino Artiaga. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3524-8923.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here