José Eliton diz que está trabalhando para zerar as cirurgias eletivas em Goiás este ano

0
1434
Foto: Marco Monteiro

O governador José Eliton concedeu entrevista, na manhã desta quarta-feira (23/05), ao programa Manhã Sagres, veiculado pela Rádio Sagres 730. Na oportunidade, respondeu perguntas sobre Saúde, Segurança Pública, Educação e o programa Goiás na Frente.

“Vamos chegar ao final do ano, se Deus permitir, com a fila de espera por cirurgias zeradas em Goiás”, diz José Eliton ao avaliar os avanços na área de Saúde com a implantação do Terceiro Turno. Veja os principais pontos da entrevista.

Foto: Marco Monteiro

Implantação do Terceiro Turno

Estruturamos todas as unidades hospitalares do Estado, o que possibilita, hoje, a implantação do Terceiro Turno. Mais do que isto: não existia fila de hospital A, B ou C. Existia fila estabelecida pela regulação, que é de competência municipal. É justamente isto que estamos fazendo. Poderíamos, muito bem, ficar na zona de conforto e falar que o problema não é nosso – porque compete ao município. Assumimos a responsabilidade desta matéria e já fizemos mais de quatro mil consultas e exames em pouco mais de três semanas e centenas de cirurgias eletivas em pessoas que estavam aguardando na fila.

Atendimento aos hospitais no interior

Colocamos o Hutrin (Hospital de Urgências de Trindade), o Huapa (Urgências de Aparecida de Goiânia), o Hospital de Pirenópolis, por exemplo, todos para atenderem demandas do interior que estavam represadas há muito tempo. Noventa por cento dos secretários de saúde dos municípios estão de acordo com o posicionamento nosso, que estamos tomando. Isto, por si só, demonstra o acerto de nossa decisão.

Agenda de redução de criminalidade

Não demos o passo maior que a perna. Não haveria condições de estabelecer uma agenda de redução de criminalidade, sem investimentos em tecnologia e informação. E isto foi feito para estruturar todo o sistema. O passo seguinte foi modificar os processos. Tínhamos um problema sério de efetivo, mas fizemos concursos e estamos ampliando constantemente as diversas forças policiais. A partir daí, estamos trocando toda a frota com viaturas completamente novas, para proporcionar condições de intervenções muito mais rápidas. Portanto, é um trabalho continuado e observando avanços.

Avanços na Segurança Pública

Estou focado 100% na administração do Governo do Estado e tenho tomado ações urgentes. Quero ter como foco a oferta de serviço ao cidadão. O que estamos fazendo é olhando as prioridades de ações. Na área de segurança, por exemplo, em 2016 não tínhamos condições de fazer um ataque à sensação de insegurança porque não tínhamos um quantitativo efetivo e ferramentas suficientes. O ex-secretário Joaquim Mesquita iniciou um processo na formatação da base tecnológica na área de segurança pública que rendeu frutos depois. A partir de 2016, ampliamos estas áreas de inteligência e tecnologia para combatermos o crime organizado. Se você pegar a estatística de 2016 para cá, estamos batendo o recorde de apreensão de drogas. Também atacamos fortemente o crime do Novo Cangaço e buscamos atacar o crime no roubo de cargas, sendo que Goiás virou referência nacional nesta modalidade. Hoje, nós temos uma rede, inclusive com o Batalhão do Terminal, uma ação importante.

Sistema Penitenciário

O principal problema hoje na segurança pública reside hoje no sistema penitenciário. Temos que ter coragem para enfrentar este problema. É justamente por isto que temos batalhado sobre tema há muito tempo. Por outro lado, temos a questão da legislação processual-penal. Mas o fato é que precisamos avançar. E é justamente por isto que temos inaugurado unidades prisionais, sendo que até o final do ano mais duas novas serão inauguradas. Estamos com programas de investimentos, em parceria com o Poder Judiciário, para poder mitigar estes problemas em Goiás.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here