Confira o horário dos filmes da mostra de cinema italiano

0
908

Agendado para 7 a 10 de junho, o 14º Festival Italiano de Nova Veneza oferecerá uma mostra de cinema italiano com longas-metragens contemporâneos. Os títulos foram cedidos pela Embaixada Italiana no Brasil, que a partir dessa edição passa a ser apoiadora oficial do evento.

Serão cinco filmes recém produzidos, todos legendados em português com entrada franca.  A exibição será acontecerá no Centro Cultural Pedro Peixoto, que foi o primeiro cinema da cidade, está restaurado especialmente para o evento.

“Queremos imprimir cada vez mais consistência cultural ao evento para que ele, inclusive, seja um estímulo para os próprios descendentes preservar a herança de nossos antepassados. A mostra de cinema vem ao encontro de nossos objetivos”, agradeceu Hermione Stival, presidente da Associação Veneziana Pró Festival Italiano (Afesti), Hermione Stival, e o vice-prefeito de Nova Veneza, Alessandro Stival, em Brasília.

Os filmes foram produzidos por consagrados diretores como Sydney Sibilia, que assina a direção de Smetto quando voglio (2017), e Gianfranco Rosi, que dirigiu o longa Fuocoammare (2016), documentarista premiado nos festivais europeus de cinema (Cannes, Berlim e Veneza). Outro nome de destaque no cinema italiano que integra a mostra é Roberto Andò, diretor de Viva la libertà (2016). O filme lhe rendeu o David di Donatello de Melhor Roteiro e o Nastro d’Argento de Melhor Roteiro.

Já Pierfrancesco Diliberto, mais conhecido como PIF, é ator e diretor italiano, e exerceu os dois papéis no filme In guerra per amore (2017). A mostra também traz a produção de uma cineasta, Cristina Comencini,  diretora do filme Qualcosa di nuovo (2017). Sydney Sibilia assina a direção de Smetto quando voglio (2017),

Confira a programação:

Quinta-feira, 07/06, às 21h

Smetto quando voglio, de Sydney Sibilia – O filme estreado em 2017 conta a história de um bando de pesquisadores criminosos que trabalham para uma detetive da polícia em troca de uma redução de pena. Agora, o grupo tenta vencer a batalha contra as drogas sintéticas.

Sexta-feira, 08/06, às 20h30

Fuocoammare, de Gianfranco Rosi – O longa  metragem do ano de 2016 retrata a vida da ilha italiana de Lampedusa. Na costa sul da Itália, o local tornou-se a linha de frente na crise de imigração na Europa. A zona virou manchete mundial nos últimos anos por ser o primeiro porto de escala para centenas de milhares de imigrantes da África e do Oriente Médio que tentam fazer uma nova vida no continente europeu.

Sábado, 09/06, às 14h

Qualcosa di nuovo, de Cristina Comencini – O filme de 2017 conta a história de duas amigas inseparáveis, Lucia (Paola Cortellesi) e Maria (Micaela Ramazzotti). As duas, apenas de muito amigas não poderiam ser mais diferentes uma da outra. Lucia não quer saber dos homens, Maria não consegue viver sem eles, até que uma noite cai em cama de uma delas o homem perfeito: lindo, sensível, cheio de paixão, maduro.

Sábado, 09/06, às 18h

Viva la libertà, de Roberto Andò – Esta é uma Comédia de 2016, sobre os bastidores do governo italiano. O longa conta historia do secretário, Enrico Olivieri (Toni Servillo), que desapareceu e seu irmão gêmeo, Giovanni Ernani, que acaba de sair do hospício é colocado em seu lugar. Ele logo passa a ser adorado por todos, mas a farsa não vai durar muito.

Domingo, 10/06, às 14h

In guerra per amore, de PIF – O romance estreado em 2016 se passa em Nova York no ano de 1943 e fala sobre Arturo (Pif), que quer se casar com Flora (Miriam Leone), mas para isso ele deve viajar até um vilarejo da Sicília a fim de conhecer seu sogro e pedir por sua aprovação no matrimônio. Porém, mediante a 2ª Guerra Mundial em voga, o jovem só conseguirá chegar a Itália de uma maneira: alistando-se no exército americano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here