Peças de teatro fazem parte da programação artística do III DIGO

0
707
Foto: Internet

Festival traz para Goiânia apresentações teatrais que abordam as tramas da sociedade

Com a proposta de integrar as artes no combate à discriminação contra as pessoas LGBT+, o III DIGO apresenta três peças teatrais nos dias sete, oito e nove de junho, no Espaço Sonhus, ao lado do Banana Shopping. As esquipes teatrais de São Paulo e do Rio de Janeiro trazem para Goiânia apresentações que discutem o mundo e a realidade do LGBT+.

O espetáculo “Le Circo de la Drag”, com uma liberdade brincalhona leva ao público uma crítica da sociedade atual. Juracy de Oliveira, Leonardo Paixão, Mateus Muniz e Vanessa Garcia se desafiam a criar diversos números no palco a partir da observação do comportamento urbano. A peça faz uma denúncia dos absurdos cotidianos aos quais os seres humanos são submetidos diariamente. O espetáculo é filho da sátira e primo da metáfora, mas, acima de tudo, é um modo de se fazer ironia. Na receita: uma fatia de delicadeza, muitas doses de crítica e uma pitada de crueldade. É deboche. É escracho. É sempre cair do salto e não se levar a sério. Afinal, nada mais cafona do que se levar a sério.

Enquanto isso, Rodolfo Lima e Samy Dias, em “Bicha Oca”, contam a história de vida de Alceu, um homossexual envelhecido que rememora os hábitos do passado e histórias amorosas. A partir desse cenário, os atores provocam uma reflexão sobre questões que roldam o universo gay: preconceito, tolerância e hostilidade. A peça é uma adaptação dos contos homoeróticos do autor pernambucano Marcelino Freire. Ela foi indicada como destaque de 2014 na categoria Teatro, na 4° edição do Prêmio Papo Mix da Diversidade e premiado com o PROAC LGBT em 2015.

Rodolfo Lima ainda empresta seu talento para interpretar a personagem Alice, em “Réquiem para um rapaz triste”. Ela é uma mulher solitária que se apoia no cigarro para lutar diariamente contra o seu próprio drama de vida.  A peça tem uma proposta crua, realista, onde o público adentra o quarto da personagem, para juntos vivenciarem a história daquela mulher, passando por temas como o amor, a falta, a solidão e a procura.  A personagem foi baseada em contos do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here