Programa 3 º Turno da Saúde ultrapassa 11 mil atendimentos, exames e cirurgias em dois meses de existência

0
715
Foto: Wildes Barbosa

O objetivo é alcançar 100 mil procedimentos até o final do ano, e zerar fila de espera pelas cirurgias eletivas e por determinadas especialidades

Dois meses após ter sido criado, o programa 3º Turno da Saúde já garantiu a realização de 11.108 procedimentos nos hospitais estaduais, entre consultas, exames e cirurgias. Idealizado pelo governador José Eliton, o programa tem reduzido consideravelmente o tempo de espera dos pacientes. O objetivo, segundo o próprio governador, é chegar a 100 mil procedimentos até o final deste ano. O investimento no programa é de R$ 100 milhões.

Dos 11.108 procedimentos, 543 são cirurgias, 5.878 exames e 4.687 consultas. Nove dos 17 hospitais da rede pública estadual realizam o 3º Turno, implantado no dia 23 de abril. Os hospitais atendem nos turnos extras, de segunda-feira a sexta-feira, das 18 às 23 horas, e aos sábados, com horário estabelecido pela direção de cada unidade. Conforme vem ressaltando o governador, a meta é também zerar as filas de espera pelas cirurgias eletivas e por determinadas especialidades, como o procedimento de laserterapia.

O programa integra 18 especialidades médicas, dez especialidades cirúrgicas e 13 tipos de exames de imagem. Entre as cirurgias realizadas estão plásticas reconstrutoras, gerais, de proctologia, urologia, ortopedia e cardiologia. Os exames realizados reúnem ecodoppler, doppler, eletroencefalograma e teste ergométrico. Já as consultas são das especialidades de ortopedia, cardiologia, vasculares e outras.

Lindomar Freitas, radialista, foi um dos beneficiados pelo novo turno da saúde pública estadual, ao ser submetido a uma cirurgia de quadril no HGG. “Tanto eu quanto os colegas que estavam preparados para cirurgia elogiamos a iniciativa”, afirmou, todo contente. A dona de casa Fátima Pereira diz que o atendimento foi primordial para adiantar a cirurgia que esperava. “Hoje, vou para minha casa realizada. Realizei a operação e já estou de alta”, conta, animada.

As unidades estruturaram o turno extra para dar vazão à demanda de pacientes que estão na regulação do SUS aguardando procedimentos eletivos, de todos os municípios goianos. Esses pacientes são chamados pelas unidades de saúde da rede própria da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). A prioridade para iniciar a chamada dos pacientes é por tempo de espera.

O governador José Eliton destaca que o bom desempenho do 3º Turno da Saúde é consequência do trabalho humanizado que o Governo do Estado busca realizar, pensando na real necessidade da população. “Podemos comemorar esse resultado e saber que nossa população está tendo a assistência que precisa”, enfatiza o governador.

A execução do programa, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela, só é possível graças ao atual formato dos hospitais, que foram totalmente reestruturados, contam com padrão de excelência, conferido por meio de certificações nacionais e toda gama de equipamentos de última geração, insumos e profissionais altamente capacitados.

Hospitais públicos estaduais que atendem também no 3º Turno

HGG – Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi

HDT – Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad

CRER – Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo

HUAPA – Hospital Estadual de Urgências de Aparecida de Goiânia Cairo Louzada

HMI – Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento

HUTRIN- Hospital Estadual de Urgências de Trindade Walda Ferreira dos Santos

HDS – Hospital de Dermatologia Sanitária e Reabilitação Santa Marta

HUANA – Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo

HEELJ – Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here