Festival Música na Serra Dourada é lançado em Goiânia

0
2754

Foi realizado nesta quinta-feira, 28, o lançamento do Festival Música na Serra Dourada. O coquetel foi realizado pelos realizadores do evento Elysium Sociedade Cultural e o Instituto Rizzo, e contou com a presença do presidente do Instituto, Leonardo Rizzo, da presidente da Elysium, Luciana Franco e do diretor artístico do festival, maestro e violinista Alessandro Borgomanero.

O Festival, que acontecerá entre os dias  8 e 12 de agosto e tem como sede a cidade que é Patrimônio Histórico da Humanidade, vai disponibilizar, a alunos selecionados, cursos com grandes músicos brasileiros incluindo: Daniel Guedes (UFRJ-violino­), Luciano Pontes (UFG-viola), Emerson de Biaggi (UNICAMP – viola), David Gardner (UFG-violoncelo) e Fabio Presgrave (UFRN-violoncelo). “Serão dias de muita música de concerto e aulas para alunos selecionados, que poderão amadurecer os seus conhecimentos com renomados professores e concertistas atuantes em nosso país”, explica o maestro.

A temática do festival é a música instrumental e esta edição destina-se a instrumentistas de cordas, violino, viola, violoncelo, oferecendo a estudantes a oportunidade de se aperfeiçoarem com alguns dos mais renomados mestres do país. “Esses instrumentistas, ao aperfeiçoarem sua técnica e arte, certamente saberão escolher os gêneros musicais que mais lhes convenham, desde a música clássica até a bossa nova, sertaneja, entre várias outras”, afirma a presidente da Elysium Luciana Franco.

Leonardo Rizzo, à frente do Instituto que leva seu sobrenome, afirma que esta é a primeira edição de um sonho que levanta a bandeira da música em Goiás. “Este festival tem como objetivo deixar acesa a chama da música em uma cidade que é Patrimônio Histórico da Humanidade. Nosso desejo é possibilitar, cada vez mais, que os jovens tenham a música como profissão, como trabalho. Também queremos envolver a cidade, garantir turismo, e compartilhar história”, se alegra o vilaboense.

Programação

Três apresentações principais serão realizadas no Cine Teatro São Joaquim. No dia 8, a abertura será com a Orquestra Camerata Filarmônica de Goiás com oos professores convidados, Daniel Guedes do violino, Emerson de Biaggi na viola e Fábio Presgrave ao violoncelo. Eles atuarão como solistas em um programa que abrange 200 anos de música, incluindo obras de vários compositores brasileiros como Villa Lobos.

Nos dias 10 e 11 de agosto dois concertos de música de câmara serão realizados em Goiás contando com a presença dos professores da UFG, o violista Luciano Pontes e o violoncelista David Gardner que vão se alternar em diferentes formações, culminando no encerramento do festival, no sábado, com a apresentação do Sexteto op. 18 do compositor alemão, Johannes Brahms, uma das maiores obras jamais escritas para essa formação.

“No domingo teremos um recital com os alunos no Palácio Conde dos Arcos, onde o público vilaboense poderá apreciar esses jovens talentos, que demonstrarão toda a sua qualidade artística que foi trabalhada e lapidada durante o festival”, completa Alessandro.

Camerata Filarmônica de Goiás

A Camerata Filarmônica de Goiás é uma orquestra de câmera formada por alguns dos mais importantes músicos de cordas do País. Sua estréia deu-se em 2010, para a gravação e turnê de seu primeiro programa, música para cordas brasileira do século 21. De lá para cá, a orquestra já gravou dois CDs e participou de várias turnês e apresentações pelo centro-sul do País.

Atualmente, vários de seus integrantes estão se apresentado no festival Música é nosso Forte, no forte de N. Sra. dos Remédios, em Fernando de Noronha. A Camerata Filarmônica de Goiás será a orquestra residente do festival Música na Serra Dourada, a realizar-se no início de agosto na cidade de Goiás.

Tanto a orquestra como os festivais, gravações e turnês são iniciativa da Sociedade Cultural Elysium, por meio de um de seus fundadores, o maestro Alessandro Borgomanero. O maestro Borgomanero, romano de nascimento, é professor de violino na Universidade Federal de Goiás há 20 anos. A Elysium é uma  entidade dedicada à cultura, foi fundada há 30 anos em Curitiba, e há oito anos está sediada em Goiânia, de onde desenvolve atividades culturais em todo o País.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here