Na 1ª reunião do Pacto de Segurança Pública do Centro-Oeste, José Eliton enfatiza a integração para bons resultados

0
565
Foto: Andre Saddi

José Eliton foi um dos idealizadores do Pacto quando era secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás em 2016

O governador José Eliton participou, nesta segunda-feira (17/7), da 1ª Reunião Regional  do Centro-Oeste do Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual (Pispi), na Fundação Tiradentes, em Goiânia. O Pacto foi criado em 2016, por sugestão do governador José Eliton, que era vice-governador e secretário de Segurança Pública à época, e melhorou a integração entre os organismos estaduais de segurança pública. Hoje, 21 estados integram essa iniciativa, que segundo ele tem melhorado a atuação e proporcionado bons resultados no combate à violência.

Um dos assuntos debatidos na reunião foi a criação de uma Câmara de Segurança Pública e Defesa Social, com atuação conjunta em operações policiais e a integração dos serviços de inteligência e ações  de Segurança Pública dos Estados no combate ao crime organizado.

O encontro reuniu secretários de Segurança Pública de nove estados que integram o Pacto, para discutir a criação de uma agenda de trabalho visando ações integradas em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Distrito Federal, Minas Gerais, Rondônia, Pernambuco e Maranhão.

Durante a reunião, foram nomeados os responsáveis pelo Comitê Central do Pacto Integrador e assinado convênio entre os governos de Goiás e São Paulo.  Na oportunidade, o secretário de Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo e presidente do Pacto Integrador de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa, lembrou que o governador José Eliton foi um dos idealizadores do Pacto que contribuiu para que o projeto fosse realidade hoje.

“O governador José Eliton foi um dos idealizadores do projeto quando era secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás. O Pacto está cada vez mais forte e hoje conta com  21 estados da nossa federação. Ele  veio para substituir a falta de uma política  de Segurança Pública que hoje estamos vendo  começar a engatinhar, sonho de todos nós  secretários de segurança pública  do Brasil,  sonho  que o senhor teve como secretário de Segurança Pública. Tenho certeza que hoje,  como governador, almeja  não só para o bem do seu estado, mas para  de todo o país.  E que hoje está fazendo a diferença na Segurança Pública dos estados participantes, diminuindo os índices de criminalidade”, observou.

Além de reforçar a segurança das divisas, evitando a prática de crimes e transferências de crimes para outras unidades da federação, a iniciativa, segundo José Eliton, busca impedir a livre circulação de criminosos nas áreas e divisas entre os estados.

“Desde que fui secretário de Segurança Pública, empenho esforços num trabalho que une inteligência, tecnologia e integração. Iniciativa cidadã que garante direitos essenciais. E foi justamente dentro desse cenário que avançamos através do dialogo e do trabalho realizado em parceria com os outros estados e que hoje compõem o Pacto – construído a partir da experiência de cada homem e cada mulher que atua na sua atividade dentro da área de Segurança Pública”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here