“Sem saneamento básico, não há qualidade de vida”, afirma Daniel Vilela

0
611
Foto: Divulgação

O pré-candidato ao governo de Goiás pelo MDB, Daniel Vilela, se comprometeu na tarde deste sábado (21) a investir pesado em saneamento básico, se for eleito governador. Em reunião com moradores de Aparecida de Goiânia, Daniel disse que a população do município tem sido penalizada pela dificuldade do governo do Estado de oferecer serviços de água e esgoto de qualidade e lembrou que a maioria dos municípios goianos enfrenta problemas na coleta e abastecimento.

“Esta é uma demanda que deveria ter sido resolvida há anos, ainda mais num município do porte de Aparecida de Goiânia, mas a verdade é que o governo penaliza os goianos, que sempre sofrem com falta de água nas torneiras e serviço de esgoto aquém da demanda”, afirmou Daniel Vilela. “Sem saneamento básico, não é possível oferecer qualidade de vida real aos cidadãos e é uma área que vamos dar uma atenção especial, em todos os municípios”, acrescentou.

Segundo estudo do Instituto Trata Brasil divulgado no início do ano, dos 100 maiores municípios brasileiros, Aparecida é o 78º no índice proporcional de acesso a água tratada e esgotamento sanitário. O serviço é de responsabilidade do governo estadual, que detém a concessão por meio da Saneago.

Daniel lembrou que a estatal enfrenta nos últimos anos um processo de sucateamento e que o governo não consegue colocar para funcionar obras fundamentais para a região metropolitana, como o Sistema Produtor João Leite. Diversos municípios, como Goiânia, Anápolis, Goiás e a região do Entorno do Distrito Federal também têm enfrentado graves problemas com abastecimento de água existe risco de racionamento para este ano.

Unidade e equilíbrio

Ao lado do ex-governador Maguito Vilela, do prefeito Gustavo Mendanha e lideranças locais, o pré-candidato a governador participou de uma reunião com apoiadores do pré-candidato a deputado estadual Max Menezes (MDB). Todas as lideranças exaltaram a unidade do grupo político que governa a cidade, junto com os projetos e a disposição para trabalhar, como fator preponderante para o salto de desenvolvimento que Aparecida deu nos últimos dez anos. Fora as capitais, o município foi o segundo maior gerador de emprego do País no ano passado.

“Nada disto teria sido possível sem a gente acabar com as brigas políticas desnecessárias para buscar a união de todos aqueles que querem o bem da cidade, a união de quem tem projeto e disposição para realizar”, afirmou o ex-prefeito Maguito Vilela. O prefeito Gustavo Mendanha disse que se Aparecida avançou muito nos últimos anos, poderia ter ido além se tivesse um governo parceiro. “Tivemos muitas dificuldades de conseguir recursos nesse período, mas não cruzamos os braços e fomos atrás do governo federal para suprir nossas necessidades”, disse, destacando que a eleição de Daniel Vilela vai representar um governo mais próximo dos municípios.

Max Menezes lembrou que o momento é de mudança para Goiás, mas sem abrir mão de bons projetos e do equilíbrio para governar. “As pessoas querem a política do bem, de quem tem projetos e pode apresentar resultados. Temos um governo que está cansado, são 20 anos e isto cansa mesmo. Do outro lado temos o extremismo. Na relação com as pessoas, temos que nos pautar pelo respeito, e falta isto a eles”, disse o pré-candidato a deputado. “Daniel Vilela tem projeto, tem disposição de trabalho e sabe respeitar as pessoas”, concluiu.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here