Banda Boogarins promove oficina musical para internos do Centro de Internação Provisória

0
1159
Foto: Internet

O Governo de Goiás, por meio da Secretária Cidadã, realizou, neste mês de julho, uma oficina de produção musical com os adolescentes internados no Centro de Internação Provisória (CIP), de Goiânia, comandada pela banda goiana de rock Boogarins. Nos dias 16 e 17 de julho, os adolescentes tiveram a oportunidade de mergulhar no universo musical.

No local, em maio deste ano, nove menores de idade morreram queimados após um incêndio em um dos alojamentos. A tragédia chamou a atenção dos membros da banda, que aceitaram o desafio de realizar a oficina para os jovens que continuam internados no CIP.

Para o secretário de Cidadania, Murilo Mendonça, a iniciativa tem o objetivo de utilizar a música como ferramenta para a reabilitação de internos, preparando-os para voltar à sociedade. “O projeto de iniciação musical é uma aposta da secretaria Cidadã para combater a criminalidade e inspirar os detentos a seguirem um novo rumo”, afirmou Murilo.

Para Benke Ferraz, guitarrista da banda, a música é capaz de proporcionar mudanças e que a ação com os jovens pode incentivar o exercício de criatividade e a prática de ressocialização. O músico acredita também que a atividade pode mostrar para os internos uma nova perspectiva de vida.

De acordo com o baterista Ynaiá Benthroldo, o despertar da música deveria ser inerente a todo ser humano desde o processo de educação básica até os ensinos mais complementares. “Espero que esse trabalho possa mostrar aos internos que, com ferramentas simples, provavelmente eles terão acesso fora da aqui, e que com o celular ou o computador é possível fazer música”, explicou Ynaiá.

Um dos internos disse que se surpreendeu com a oficina. Ele conta que achava que era muito difícil fazer música. “Eu gostei muito do projeto, além de aprender mais sobre a música, a gente conheceu muitas pessoas e fez muitas amizades”.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here