Em Itaberaí, Ronaldo Caiado encerra encontros da frente Unidos Para Mudar Goiás

0
1425
Foto: Júnior Guimarães

Evento reuniu mais de 1 mil pessoas e contou com a presença dos principais nomes do bloco de oposição

A Associação Atlética Banco do Brasil de Itaberaí foi palco do último encontro da frente “Unidos Para Mudar Goiás” antes da convenção estadual, que deve chancelar o nome de Ronaldo Caiado (Democratas) como candidato a governador em 2018. Mais de 1 mil pessoas estiveram presentes no evento, realizado no sábado, 28, para discutir as propostas dos principais líderes da oposição no Estado. Anfitrião, o ex-prefeito Wellington Baiano (MDB) disse ser uma honra poder promover a última grande reunião da frente, que desde agosto do ano passado roda o Estado para ouvir a população.

“Sinto a vontade de mudança por toda nossa região. A revolta do povo com o projeto de poder que está aí, a precariedade na Saúde, o caso na Segurança… Nosso povo está cansado. Para vocês terem uma ideia, tem seis anos que não se nasce uma criança em Itaberaí. Só em ambulâncias porque o hospital está em reforma que não acaba nunca”, discursou.

O empresário reiterou confiança no projeto do senador Ronaldo Caiado, quem, segundo ele, tem “postura moral” para combater privilégios e melhorar a vida da população. O pré-candidato a deputado estadual da cidade, Wemerson Raio de Sol (Democratas), foi na mesma linha: “Estamos vivendo uma época difícil, essa gestão não tem compromisso com as pessoas. Não temos empregos, falta tudo. A saúde está um caos. Mas isso vai mudar, tenho fé.”

Ao todo, 55 comitivas de diversas cidades goianas participaram do encontro em Itaberaí, incluindo da Cidade de Goiás, cuja vice-prefeita, Pastor Márcia (PSC), declarou apoio ao senador; bem como o de Palmeiras de Goiás, Ailton Terra Nova (Democratas).

Ao dar boas vindas aos presentes, o deputado e pré-candidato a vice-governador Lincoln Tejota (PROS) destacou o sentimento de mudança que percorre todo o Estado. Segundo ele, a população está decidida a tomar um novo rumo: ao lado de Ronaldo Caiado.

“Esse homem tem 32 anos de vida pública. É probo, tem compromisso com todas as parcelas da população, do produtor rural aos trabalhadores. Por onde se anda, em Goiás e fora também, todos dizem o mesmo: temos o maior político do Brasil, a reserva moral da política brasileira“, disse.

Deputado mais bem votado em 2014, Delegado Waldir (PSL) alertou os presentes de uma possível guerra suja nas redes digitais e pediu que todos se comprometam no combate ao chamado “fake News”. “Vão colocar robôs para atacar Wilder, Caiado, Kajuru. Não deixem passar, levem a verdade para o povo”, clamou.

Um dos momentos mais descontraídos dos encontros têm sido os discursos de Kajuru. Apesar da seriedade com que alerta para os graves problemas do Estado, o vereador e pré-candidato ao Senado desce do palco, canta e relembra momentos de sua carreira, sempre ovacionado pelo público.

“Ronaldo Caiado é o maior caçador de corruptos do Brasil. Wilder Morais é senador das imortais e dos vendavais de emendas, em cada município tem obra dele, emenda dele, algo que ele fez. Lincoln Tejota é o jovem mais maduro que conheço. Essa é nossa chapa. O outro lado está repleto de porcos e nós estamos voando”, exaltou.

Wilder Morais, que compõe a dobradinha “WK” (em referência aos nomes dele e de Kajuru), protagonizou um dos momentos mais emocionantes do evento. Levou ao palco o ex-prefeito de Taquaral de Goiás, sua cidade natal, Dr. Sidney, e relembrou momentos sofridos de sua infância pobre.

“Minha família nunca teve casa onde morar, saí pra estudar em Goiânia e às vezes não tinha o que comer. Eu ia pra casa do dr. Sidney e era muito bem recebido, me tratava como um filho. Eu percebi que só tinha um jeito na vida, eu tinha que estudar. Ter vencido na vida como filho de taxista e costureira, é muito emocionante. Estou na política com um só objetivo: devolver tudo que Deus me deu”, contou.

Ao lado da esposa, Gracinha Caiado, o pré-candidato ao governo pelo Democratas, Ronaldo Caiado, foi recebido com festa no evento em Itaberaí. A proximidade com a hora do almoço não desanimou as centenas de pessoas que se enfileiravam na AABB para ouvir as propostas do senador.

“Já passei por muitas dificuldades. Conheço os dois lados da moeda na vida. Entrando aqui, olhando no rosto de cada um de vocês, minha cabeça voltou ao começo da minha caminhada de luta, defendendo os produtores, os trabalhadores. Esses anos todos digo que quem me conhece é o povo do Estado. Nunca desonrei voto nem usei mandato para interesse pessoal. Sou apaixonado por Goiás, sempre lutei pelo meu povo porque não aceitava que o Sudeste mandasse no Brasil. Enfrentei banqueiro, ministro, presidente e nunca me acovardei diante dos desafios. Tenho orgulho de representar Goiás”, discursou.

Ronaldo Caiado lembrou que foi convidado pelo Democratas para disputar a Presidência da República, mas afirmou que sua experiência lhe fez entender que o momento era de resgatar o Estado, de se dedicar para mudar os rumos que o atual governo tomou.

“Nosso Estado foi sequestrado por facções criminosas, que destroem jovens, acabam com famílias e roubam a esperança de um futuro melhor. Esse governo que está aí não tem autoridade moral para combater o crime, porque, como mostram os sucessivos escândalos de corrupção, está envolvido nele. Chega! Basta!”, clamou.

O pré-candidato destacou que recebeu uma lista de reivindicações para toda a região, que serão contempladas no plano de governo que a frente tem desenvolvido e apresentará aos goianos no momento oportuno. “Estamos ouvindo a população, discutindo projetos. Estamos fazendo uma média de oito cidades por dia e há um sentimento enorme de mudança em Goiás. As pessoas não aceitam mais esse ciclo de política, é chegado o momento de virar a página. Vamos juntos e arrocha Goiás”, arrematou.

Unidos Para Mudar Goiás se consolida como principal frente de oposição

Foram mais de 30 encontros realizados em 25 cidades de agosto de 2017 a julho de 2018. Durantes esses eventos, Ronaldo Caiado sempre destacou a espontaneidade das lideranças e população das regiões visitadas presentes que acreditam no projeto político da frente para transformar a situação de Goiás com alto índice de endividamento, escândalos de corrupção e abandono da infraestrutura e áreas sociais.

“Tivemos um movimento espontâneo de milhares de lideranças que foram aos nossos encontros manifestar o seu apoio ao nosso projeto e reiterar seu desejo por mudança. Em todo lugar onde estivemos o sentimento da população é um só: mudança. E tivemos muitas manifestações de pessoas que acreditam em nós, acreditam no nosso grupo. Esse é maior reflexo de que estamos no caminho certo, a voz da população, das lideranças que têm o contato direto com suas comunidades”, pontuou.

Os encontros da frente foram realizados nas cidades de: Jaraguá, Cidade Ocidental, Morrinhos, Ceres, Goiatuba, Bela Vista de Goiás, Cocalzinho de Goiás, Luziânia, Aparecida de Goiânia, Minaçu, Padre Bernardo, Inhumas, Porangatu, Santo Antônio do Descoberto, Guapó, Turvânia, Anápolis, Rio Verde, Goiânia, Formosa, Goianésia, Trindade, Catalão, Quirinópolis e Itumbiara.

Ao longo desses 11 meses, a frente “Unidos para Mudar Goiás” conquistou apoios importantes até chegar a 12 partidos: Democratas, DC, Podemos, PMN, PMB, PPL, PRP, PROS, PRTB, PSC, PSL e PTC. Além disso, o projeto capitaneado por Ronaldo Caiado agregou o apoio dos prefeitos de maior expressividade do MDB, apesar de a cúpula do partido ter decidido manter pré-candidatura própria. Estão com o senador, por exemplo, os prefeitos Adib Elias (Catalão), que se tornou coordenador de campanha; Renato de Castro (Goianésia); Ernesto Roller (Formosa); Paulo do Vale (Rio Verde) e Fausto Mariano (Turvânia).

Nessa caminhada, o grupo oposicionista ainda agregou a aliança dos deputados estaduais José Nelto (Podemos), Major Araújo (PRP), Lívio Luciano (Podemos), Dr. Antonio (Democratas), Iso Moreira (Democratas), Álvaro Guimarães, e do deputado federal Delegado Waldir (PSL). A partir desses apoios e do crescente sentimento de que o grupo será capaz de mudar o cenário goiano, houve a composição de uma chapa competitiva, de pessoas comprometidas, competentes e ficha limpa.

A chapa majoritária está pronta e será apresentada em convenção no próximo sábado (4/8), em grande evento no Clube Jaó, em Goiânia. Os pré-candidatos ao Senado são Wilder Morais (DEM) e Jorge Kajuru (PRP), e o pré-candidato a vice escolhido foi Lincoln Tejota (PROS).

“Diziam que não iríamos agregar apoios, não teríamos um grupo competitivo. Vejam o resultado. Temos 12 partidos conosco, diversas lideranças expressivas, uma chapa de peso com pessoas que têm uma trajetória íntegra de vida e ficha limpa. Podemos andar nas ruas, conversar com a população porque nossa história fala por si. Podemos mostrar para os goianos que existem políticos dignos e daremos o estímulo para que a população participe dessa eleição e compareça em peso às urnas em outubro”, acrescentou Ronaldo Caiado.

Propostas

Também nesse período de pré-campanha, Ronaldo Caiado aproveitou os encontros para ouvir das lideranças as principais reivindicações de cada região no intuito de elaborar seu plano de governo, que será democrático e plural. Todos foram unânimes em pedir uma postura implacável contra a corrupção — que tanto tem comprometido os recursos dos impostos do povo goiano.

O líder democrata colocou como prioridade o combate ao mau uso e desvios de dinheiro público, comprometendo-se a fazer uma gestão transparente. “Se não tem dinheiro para saúde, educação, segurança, infraestrutura é porque a corrupção tomou conta do Estado. Vamos ter o combate à corrupção como prioridade e aí com certeza vamos resgatar o orgulho do povo goiano”, destacou.

Chamou a atenção de Ronaldo Caiado a situação de professores que têm média salarial muito parecida com o gasto mensal do Estado com presidiários e dos policiais que convivem com a terceira classe, criada por Marconi Perillo (PSDB), com remuneração de apenas R$ 1,5 mil.

Outro compromisso firmado foi de realizar parcerias com as igrejas para a recuperação de dependentes químicos: de um lado o governo com o atendimento médico e psicológico e de outro a igreja com a reinserção do ex-dependente à sociedade. A área da saúde será outra prioridade e Ronaldo Caiado como médico conhece a realidade do Estado. Durante os encontros da frente, ele anunciou que vai ampliar as equipes de Saúde da Família incluindo nutricionistas e profissionais de educação física para fechar o ciclo de atuação da prevenção e diagnóstico precoce.

Foto: Júnior Guimarães

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here