Marcos Abrão intermedia retorno do pagamento de luz em loterias

0
643
Reunião com vice presidente de governo da Caixa Roberto Barreto Foto: Divulgação

Deputado mediou negociação do sindicato dos lotéricos com a Caixa para retomada do serviço

Em audiência com a vice presidência de governo da Caixa Econômica Federal na última terça-feira (02), o deputado Marcos Abrão solicitou a retomada do contrato que permite o recebimento de faturas de energia em casas lotéricas, acompanhado de representantes do Sindicato dos Lotéricos de Goiás. “Nós viemos trazer aqui a Brasília, na diretoria da Caixa, a nossa preocupação com a possibilidade do fim do pagamento de contas de luz em loterias, porque a população é diretamente prejudicada com o fechamento de pontos de atendimento”, afirmou.

Após a reunião a Enel Goiás informou que as negociações com a Caixa foram reabertas. O vice presidente de governo do banco, Roberto Barreto, afirmou que a Caixa apresentou à Enel uma redução no valor do reajuste cobrado para receber as tarifas e que aguarda uma posição positiva da Enel. “Nós queremos chegar a um meio termo que seja viável, que garanta a sustentabilidade do processo. A Caixa tem sido o mais flexível possível. Sabemos da capilaridade, volume e velocidade do trabalho dos lotéricos e estamos dispostos a negociar com a Enel”, disse.

Segundo a presidente do sindicato, Nelma Fernandes, o recebimento de faturas de energia “é parte substancial da renda das agências lotéricas e a perda desse montante acarretaria o fechamento de loterias em vários lugares do estado. O deputado tem nos ajudado muito nessas negociações, com sensibilidade para ajudar não apenas nós lotéricos, mas as pessoas que querem pagam suas contas em um único lugar, com mais praticidade e velocidade”, disse.

O impasse

A possibilidade do fim do recebimento de contas de energia em casas lotéricas teve início no último mês, quando a Caixa propôs um reajuste de 30% no valor cobrado pelo banco para o serviço de pagamento das tarifas. A Enel havia informado que o contrato seria suspenso e que novas formas de atendimento ao cidadão seriam implantadas. A suspensão do recebimento das contas de luz em loterias representaria uma redução de cerca de 8.000 pontos de pagamentos para o cidadão.

Segundo o deputado Marcos Abrão, “essa é uma situação que afeta principalmente a população do interior, onde muitas vezes há apenas uma agência bancária, e que precisará fazer o pagamento mais longe de casa, em filas maiores, com menos praticidade. Estamos buscando alternativas para reverter essa situação sem prejuízo para o consumidor”, afirmou.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here