Coligação “A mudança é agora” reúne maior número de partidos nessas eleições de 2018

0
774
Foto: Divulgação

Liderada pelo candidato ao governo de Goiás, Ronaldo Caiado (Democratas), coligação tem 13 partidos – Democratas, DC, Podemos, PMN, PMB, PPL, PRP, PROS, PRTB, PSC, PSL, PTC e PDT

“A mudança é agora” é o nome escolhido para a coligação liderada por Ronaldo Caiado (Democratas), a que reúne o maior número de partidos que buscam a eleição para o governo do estado. No último sábado, 4/08, as candidaturas foram confirmadas reunindo postulantes aos cargos de senador, deputados federais e estaduais, além de governador e vice-governador de 13 partidos – Democratas, DC, Podemos, PMN, PMB, PPL, PRP, PROS, PRTB, PSC, PSL, PTC e PDT – que abraçaram o projeto de mudança do estado de Goiás. Na convenção que lotou o clube Jaó, na capital goiana, milhares de lideranças, candidatos, militantes, amigos e familiares demonstraram a força da proposta de Caiado e demais integrantes da coligação de implantar uma gestão transparente, com combate à corrupção, foco no social e retomada do crescimento do estado.

Para chegar até a oficialização da chapa, a partir de agosto de 2017, o senador Ronaldo Caiado iniciou uma série de encontros e reuniões para pavimentar sua pré-candidatura ao governo, ouvir as demandas das lideranças locais e agregar apoios ao seu projeto político levado aos municípios por intermédio da frente “Unidos para Mudar Goiás”. Ao longo desse período, a frente ganhou força com adesão de partidos e lideranças respeitadas em suas regiões o que favoreceram, inclusive, sair na frente e completarem a chapa para as eleições deste ano bem antes do prazo final definido pela legislação eleitoral, que foi 5 de agosto. Além dos 13 partidos que hoje compõem a coligação – figuras importantes no MDB e até lideranças deixaram o PSDB, partido do governo, para se unir a empreitada comandada pelo senador anapolino. Os apoios foram conquistados em mais de 30 grandes encontros organizados pela “Unidos para Mudar Goiás”, reuniões, visitas a Câmaras Legislativas, participação em feiras agropecuárias, festas religiosas, cavalgadas etc.

“Contrariando alguns que diziam que Ronaldo Caiado não agregaria apoios, fomos conquistando adesões em todas as regiões do estado. Fiz questão de iniciar nosso giro por Goiás o quanto antes para conversar com as pessoas, ouvir demandas e mostrar nosso projeto político. A cada visita, esses apoios forma crescendo e fiquei impressionado com o movimento espontâneo de milhares de pessoas que saíram de casas muitas vezes em um sábado, domingo, com recursos próprios para nos prestigiar e a manifestar seu desejo de mudança. Em todo lugar o sentimento comum a todos é o sentimento de mudança e os novos grupos que se juntaram a nós nessa trajetória mostra que nós representamos essa mudança que a população goiana tanto espera”, expressou Caiado.

“Só tenho a agradecer todo esse apoio que temos recebido e dizer que nossa responsabilidade só aumenta. Sou um homem que nunca desonrei um voto que recebi e busquei pessoas com essa característica para fazer parte do nosso projeto”, disse o pré-candidato ao lembrar que seu grupo tem como integrantes pessoas como os pré-candidatos ao Senado Wilder Morais (Democratas) e Jorge Kajuru (PRP) e e a vice-governador, Lincoln Tejota (Podemos).

A partir desses encontros e reuniões, Caiado e seu grupo obtiveram apoios de novas legendas. Alguns desses eventos marcaram essas adesões, caso do PMB, PTC e PMN e os últimos partidos a declararem seu apoio a pré-candidatura de Ronaldo Caiado foram PRP, Podemos, PROS e PDT.

O MDB, um dos maiores partidos do estado, apesar de ter decidido lançar candidatura própria, também integra a frente por meio de nomes de peso no estado. É caso dos prefeitos Adib Elias (Catalão), que se tornou coordenador de campanha; Renato de Castro (Goianésia); Ernesto Roller (Formosa); Paulo do Vale (Rio Verde) e Fausto Mariano (Turvânia).

Até mesmo o PSDB, legenda do atual governador José Eliton, perdeu lideranças que se juntaram a frente “Unidos para Mudar Goiás”.  Entre eles estão a ex-candidata a prefeita de Buriti de Goiás, a fisioterapeuta Átila Rúbia de Deus; o vereador Euler Tobias; o ex-prefeito de Crixás por dois mandatos (2005-2012), Olímpio César; o ex-prefeito Noé Afonso (Campos Verdes), e cerca de 500 lideranças de Nova Crixás.

Na semana passada quando foram realizados os últimos encontros da frente, também ocorreram novas adesões, como dos vice-prefeitos de Santa Rita, Antônio Francisco Vieira (PP) e da cidade de Goiás, Márcia Cristina Santos (PSC).

Ronaldo Caiado e os integrantes do seu grupo oposicionista ainda uniram forças ao realizar diversas reuniões em Goiânia. Após a filiação do senador Wilder Morais ao Democratas, em abril, o parlamentar abriu sua casa para receber milhares de vereadores, lideranças, deputados, representantes da sociedade civil. A cada encontro, 15, 20 cidades goianas eram representadas toda semana.

Caiado, Wilder e Tejota tiveram seu projeto referendado por entidades do estado, como o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás) e Associação Goiana dos Supermercados (Agos). A frente também tem o aval de importantes líderes religiosos ligados à igreja Assembleia de Deus, ligada ao seu primeiro suplente, Luiz Carlos do Carmo (MDB), e da igreja católica.

 Chapa

Nessa trajetória, o grupo oposicionista ainda agregou a aliança dos deputados estaduais José Nelto (Podemos), Major Araújo (PRP), Lívio Luciano (Podemos), Dr. Antônio (Democratas), Iso Moreira (Democratas), Álvaro Guimarães, e do deputado federal Delegado Waldir (PSL). A partir desses apoios e do crescente sentimento de que o grupo será capaz de mudar o cenário goiano, houve a composição de uma chapa competitiva, de pessoas comprometidas, competentes e ficha limpa.

A chapa tem nomes, como Jorge Kajuru e Wilder Morais (Senado); Lincoln Tejota (vice-governador); José Mario Shreiner, Dr. Zacarias Kalil, Flávia Cunha (deputada federal); Glaustin da Fokus, Chico do KGL (deputado estadual); Flávia Morais (deputada federal) e outros cerca de 500 pré-candidatos compõem a coligação “A mudança é agora”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here