Linha Direta | Palanques para presidenciáveis definidos em GO

0
783
Foto: Divulgação

Fagner Pinho

Com a decisão nacional do PDT em fechar apoio em Goiás à candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM), o palanque para os presidenciáveis ficou praticamente definido em Goiás. O democrata agora dará espaço em sua chapa a três presidenciáveis no Estado: o próprio candidato do PDT, ex-ministro Ciro Gomes (foto); ao candidato do Podemos, senador Álvaro Dias; e também, possivelmente ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro, uma vez que a sigla está fechada com Caiado. O deputado federal Daniel Vilela (MDB) dará palanque ao presidenciável de seu partido, ex-ministro Henrique Meirelles. José Eliton (PSDB) dará palanque a Geraldo Alckmin, enquanto que Kátia Maria (PT) dará espaço a Lula/Haddad(PT)/Manuela D’Ávila (PCdoB). Guilherme Boulos (Psol) terá palanque na campanha do governadoriável Weslei Garcia. A única indefinição é em relação a Marina Silva.

“Não sabia que Cunha tinha problemas com a Justiça”
Jair Bolsonaro, presidenciável pelo PSL, em entrevista ao programa Roda Viva.

Definição

Ex-diretor da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás, Nivaldo Santos é o nome escolhido para ser candidato ao senador na chapa PT/PCdoB. Atualmente é professor da UFG e também da Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Privatização à vista?

O pré-candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, anunciou em entrevista concedida na última semana à GloboNews que estuda acabar com a gratuidade do ensino superior público. Começaria pelas pós-graduações.

Expertise?

A Universidade Estadual de Goiás irá assumir a gestão do Estádio Olímpico, bem como de todo o Centro de Excelência do Estado. A decisão ocorre após a criação da Universidade do Esporte, lançada pelo governador José Eliton há alguns meses.

Boleto

O deputado federal Marcos Abrão se reuniu na última semana com representantes do Sindicato dos Empresários Lotéricos em Goiás, da Caixa e da Agência Nacional de Energia Elétrica. Na pauta: Enel voltar a aceitar pagamento de contas nas Lotéricas.

Prorrogado

O período de abertura do processo de licitação das rodovias goianas foi ampliado para mais quarenta dias, a pedido de três grupos empresariais que pretendem participar do processo. A nova data da licitação ficou para o dia 12 de setembro.

1 Nublou

O ex-presidente da Agetop Jayme Rincón classificou como irresponsabilidade o corte de energia efetuado pela Enel na última semana no Estádio Olímpico, da avenida Paranaíba, e no Autódromo de Goiânia, por falta de pagamento.

2 Pressão

Segundo o atual coordenador político da campanha de José Eliton ao governo do Estado em Goiânia, as dívidas vinham sendo negociadas entre os entes. “Foi algo desnecessário em uma semana com muitos eventos”, reclamou.

3 Eventos

De fato, além de um jogo do Atlético Goianiense no Estádio Olímpico na terça-feira, 31, o Autódromo de Goiânia recebe mais uma edição da Corrida do Milhão, da Stock Car, neste domingo, 5. Com transmissão nacional.

Foto: Divulgação

Indecisão

A indecisão do ministro das Cidades e presidente regional do PP em Goiás, Alexandre Baldy, em definir para qual lado seguiria a sua legenda em Goiás, incomodou tanto lideranças do MDB quanto da base aliada. As conversas de bastidores lembravam que o deputado federal licenciado sempre demorou muito em tomar decisões, vide candidatura à prefeitura de Anápolis há dois anos e permanência ou não no Ministério das Cidades neste ano.

Começou?

A Câmara Municipal de Goiânia retomou os trabalhos na última quarta-feira, 1º, mas grande parte dos vereadores pareceu não ter sido informado.

Pingados

Poucas cadeiras estiveram ocupadas nos dois dias de sessões. Um dos que não deram a cara foi o radialista Jorge Kajuru (PRP), que é candidato ao Senado.

Confirmada

O PCdoB confirmou que a vereadora Tatiana Lemos (PCdoB) será novamente candidata à Câmara Federal nas eleições deste ano. Já havia sido em 2014.

Nome

Nos bastidores, membros contrários ao acerto da Rede com o PSDB afirmavam que quem realizava as articulações era o ex-vereador Djalma Araújo

Paradoxo

Segundo a porta-voz feminina da Rede, Eva Cordeiro, que queria acordo com PSDB, a prioridade do partido em Goiás seria dar palanque para Marina Silva.

Definição

O problema é que a base aliada em Goiás já tem tem candidato a quem dar palanque: o tucano Geraldo Alckmin. Quer dizer: os tucanos se garantiram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here