“Redes sociais serão a grande televisão dessa campanha”, analisa Vitti.

0
1506
Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Vitti (PSDB), disse em entrevista, após a sessão plenária desta quinta-feira, 23, que a campanha eleitoral de 2018 será complexa e difícil, e que as redes sociais terão papel decisivo, anteriormente sustentado pelas campanhas de televisão. O deputado, atual suplente da senadora Lúcia Vânia, fez uma reflexão sobre a propaganda política no rádio e na TV, que começa no próximo dia 31.

“Redes sociais estão aí, as pessoas hoje veem notícias primeiro por elas e essa realmente é a grande televisão dessa campanha. Acho pouco provável que as pessoas fiquem grudadas em programas de televisão, por isso que elas terão papel fundamental para que o eleitor conheça seu candidato”, salientou. Vitti também afirmou que a internet hoje passou a ser decisiva na interlocução dos candidatos com o eleitorado.

O chefe do Poder Legislativo entende que o avanço das redes sociais é positivo para o processo político, pois, segundo ele, podem transformar a maneira de fazer campanha e baratear seu custo. “Nós estamos agora num processo de transformação. Vão acabar as coligações, partidos de alugueis tendem a desaparecer e deve haver um reordenamento após essa eleição. Nós temos aí candidatos endinheirados que estão disputando a eleição e estão lá em baixo. Não é o dinheiro que está falando nesse momento”, lembrou.

Mas, além das redes sociais, o presidente defendeu ainda que o corpo a corpo com o eleitor também terá grande poder de influência na conquista do voto. “Acredito que as coisas ainda vão mudar, mas a velha e tradicional sola do sapato é que vai falar mais alto. Não vejo motivação das pessoas em fazer eventos grandiosos. O mais prático e produtivo é caminhar junto à população. É hora de cada político mostrar a sua coragem, mostrar o que ele fez em prol da população, suas propostas e sua trajetória de vida”, destacou.

Participação popular

A exemplo de entrevistas anteriores, o presidente da Assembleia Legislativa voltou a defender a necessidade da sociedade se envolver no processo eleitoral e escolher candidatos com propostas e compromissos com a melhoria da administração pública. “Se a população quer um país melhor, quer um Estado melhor, é importante que ela se envolva diretamente nas eleições. É extremamente importante ela participar, ela conhecer, saber quem são os candidatos. Conheçam a trajetória daqueles em quem você vai depositar sua confiança e sua esperança. Isso realmente é fundamental”, arrematou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here