José Eliton ressalta trabalho das polícias na redução da violência em Goiás 

0
552
Foto: Divulgação

O governador José Eliton ressaltou o empenho e a dedicação das polícias Civil, Militar, Bombeiro e técnica para que o Estado de Goiás conseguisse o feito de reduzir 11 dos 12 índices de violência nos oito primeiros meses deste ano. Ele apresentou esses dados nesta quarta-feira, no auditório da Fundação Tiradentes. Os homicídios caíram 13,41%; as tentativas de homicídio reduziram 23,44%; os roubos de veículos caíram 32,42%; os roubos em comércio reduziram 46,77%; os roubos em residência tiveram queda de 37,22%.

“Sabemos que temos desafios a enfrentar, mas estamos enfrentando com serenidade, com prudência, com equilíbrio e com segurança. Goiás reduziu 11 dos 12 indicadores de violência. Esse é um grande resultado. E é isso que importa para a população, quando você observa os números de redução de furtos e roubos do Eixo Anhanguera e nos demais terminais de desembarques de passageiros no transporte coletivo, via de regra são crimes difíceis, porém, a polícia está atuando no roubo de veículos, roubo a comércio e em todos os indicadores com redução significativa. Isso mostra que estamos no caminho certo, e é esse o Estado que eu vivo, que sabe das suas dificuldades, mas que melhora a vida das pessoas”, sentenciou.

Ele afirmou que Goiás é um Estado que se destaca no âmbito nacional por diversos serviços públicos de qualidade. “Cito a Segurança Pública, a Educação, os hospitais da rede estadual aprovados por mais de 90% de seus usuários. Somos campeões em geração de empregos. O Estado é o segundo que mais recebe imigrantes do Brasil inteiro, e quem vem para Goiás não quer sair”, assegurou.

Secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Jr. disse ter orgulho de servir como secretário a um governo que é correto, sério, honesto e que dá respaldo para que os agentes exerçam a função com segurança. “Muito obrigado governador José Eliton pelo trabalho realizado à frente da Secretaria de Segurança Pública quando o senhor a comandou, e agora como governador do Estado,” ressaltou.

Foto: Divulgação

Indicadores  

Redução em 11 dos 12 indicadores de violência monitorados pelo Observatório de Segurança Pública de 1º de janeiro a 31 de agosto deste ano no comparativo a igual período do ano passado está entre os índices apresentados.

Confira os demais índices divulgados:

– A exceção foram os casos de estupro, que tiveram um aumento de 5,2% em relação aos primeiros 8 meses do ano passado.

– Os homicídios caíram 13,41%.

– As tentativas de homicídio reduziram 23,44%.

– Os latrocínios, 8,82%.

– Os roubos a transeuntes tiveram uma queda de 34,41%.

– Os roubos de veículos caíram 32,42%.

– Os roubos em comércio reduziram 46,77%.

– Os roubos em residência tiveram queda de 37,22%.

– Os furtos de veículo reduziram 9,45%.

– Os furtos em comércio tiveram queda de 18,26%.

– Os furtos em residência caíram 18,69%.

E os furtos a transeuntes apresentaram redução de 21,3%.

– São destaques desse monitoramento a redução dos roubos e furtos de veículos na capital do estado que, em 2015, somavam, em média, 832 casos por mês. Em agosto de 2018, os roubos e furtos de veículos em Goiânia somaram 161 casos, uma redução de mais de 80%, ou seja, redução de 27 veículos roubados, por dia, para cinco.

– Depois da implantação do Programa Pró-Carga, há sete meses, nenhum roubo a carga de combustíveis foi registrado no estado. Há um ano e dois meses não há registro de roubo a cargas de carnes ou derivados.

– Até o fim de 2017, eram registrados de três a quatro roubos de cargas de cigarros por mês. Após a prisão de uma organização criminosa com 15 integrantes especializados nessa modalidade de crime, nenhum caso foi registrado.

– O total de carga recuperada soma mais de R$ 22 milhões.

– Dezoito quadrilhas especializadas em roubos a Bancos, nas suas várias modalidades, foram desarticuladas pelo Grupo Antirroubo a Bancos, Batalhão de Rotam, Comando de Operações de Divisas e Batalhão de Choque.

– O número de ações policiais sofreu incremento de 79,4%, passando de 518.495 para 930.205, no acumulado de janeiro a agosto deste ano. O número de abordagens policiais saltou de 533.896 para 1.060.171, incremento de 98,57%.

– O patrulhamento subiu de 498.551 para 889.382, um aumento de 789,39%. As forças policiais de Goiás apreenderam 40 toneladas de drogas neste ano.

– Em Goiânia, em agosto, foram registrados 22 homicídios, menor número desde 2006.

O novo sistema

Para a implementação do novo sistema, todas as viaturas das forças policiais goianas vão receber equipamentos de rádio de última geração, que serão interligados com agências governamentais, como Forças Armadas, Força Nacional de Segurança Pública, Agência Brasileira de Inteligência e Receita Federal.

– Essa rede pública de radiocomunicações garantirá maior segurança à população e avanços no combate ao crime. A rede interligará e conectará todas as forças de forma padronizada, com maior cobertura e segurança e utilizando a infraestrutura já instalada no país.

– O sistema digital que passa a ser utilizado em Goiás permite uma transmissão segura, sem interferências ou pontos de escuta clandestinos, pois utiliza chaves criptográficas digitais, atribuídas a cada canal de comunicação. Assim, somente quem está na rede consegue ouvir ou falar, evitando vazamento de informações.

– Para que o sinal digital seja transmitido de forma segura, a Secretaria de Segurança Pública firmou acordo de cooperação técnica com a Polícia Rodoviária Federal, a Agência Brasil Central e empresas de telecomunicações, permitindo a difusão do sinal de rádio para todo o território nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here