Kátia fala sobre propostas para educação, saúde e geração de emprego

0
966

“Nesta reta final vemos um cenário muito positivo e um número alto de indecisos. Nós estamos apostando nesta virada, numa onda vermelha em Goiás porque as pessoas querem uma mudança de verdade e quem pode fazer esta mudança de verdade, que sabe o que fazer e como fazer somos nós do PT”, disse a candidata do PT ao governo de Goiás, Kátia Maria. Ela reforça que a base de seu plano de governo é a Gestão Integrada, com um modelo econômico que descentraliza a renda, gera empregos e garante educação integral e saúde para todos.

Kátia Maria reforça a importância de votar no Time do Lula com Fernando Haddad presidente e Manuela D´Ávila vice para garantir novamente programas como o Pleno Emprego, Bolsa Família, Luz para Todos e outros programas. “Se o povo me der essa oportunidade eu quero fazer esta virada, ir para o segundo turno e vencer as eleições”, afirmou.

Gestão Integrada

A petista propõe um modelo de gestão que articula o desenvolvimento econômico com desenvolvimento social e ambiental, a participação popular e descentralização dos serviços e das oportunidades. “Nossa primeira medida será organizar as finanças para poder fazer mais com menos e priorizar as pessoas que mais precisam”, afirma Kátia Maria. Ela explica que com esta gestão integrada será possível implantar diversos programas e melhorar a economia do Estado. “Queremos fomentar e fortalecer a economia local, porque é com municípios fortes que teremos um Estado forte”, afirma.

Educação Integral

Como professora, Kátia Maria acredita que a educação é uma área fundamental para gerar emprego e renda e melhor a segurança pública no estado, reduzindo os índices de violência. “Já está comprovado em muitas pesquisas que onde o estado entra com políticas públicas fortes, entre elas a educação, a criminalidade não entra”, diz. Neste sentido ela vai fazer uma Educação Integral que visa uma formação completa dos jovens. “Em especial nos 100 municípios com maior índice de vulnerabilidade social, com atividades integradas de cultura e esporte”, explica.

Segundo Kátia a educação integral é diferente da escola integral, porque os estudantes terão acesso não só ao ensino formal, como também ao esporte e cultura. Para o ensino superior, a petista fará da UEG a indutora do desenvolvimento regional, fomentando o setor de pesquisas. Atualmente a UEG possui 19.070 alunos na graduação presencial e apenas 520 recebem a Bolsa Permanência e destas apenas 11 são quilombolas e 9 estrangeiros. “Vamos aumentar das atuais 520 Bolsas Permanência para 2 mil, de forma a atingir mais estudantes que necessitam deste apoio para concluir o curso superior”, anuncia.

Para garantir o programa Educação Integral Kátia Maria se compromete a aplicar na área os 25% do orçamento previsto na Constituição e também vai valorizar os professores com titularidade e melhores salários. “E para reverter a realidade atual de muitas mães que não tem com quem deixar os filhos para poder trabalhar vamos construir 653 creches para crianças de 0 a 5 anos e, assim, acabar com 50% do déficit em todo o estado”, afirma.

Mulheres

Como mulher, Kátia Maria tem um olhar diferenciado e uma preocupação a mais, especialmente e por Goiás ser o 3º entre os estados que mais matam mulheres no país. “Precisamos garantir a emancipação econômica e social das mulheres”, explica. O programaMulheres Empreendedoras vai garantir linhas de crédito específicas e assistência técnica para que as mulheres possam abrir o próprio negócio e se emancipar dos pontos de vista econômico, social e sustentável.

E como forma de reduzir os índices de violência contra a mulher, Kátia Maria vai fazer o programa Mulheres Vivas, que será umaRede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Para garantir esta rede, Kátia irá estruturar as 22 DEAMs, construir Casas Abrigo, qualificar os profissionais das DEAMs e efetivar equipe multidisciplinar com advogada, psicóloga e assistente social.

Geração de Emprego

Este cuidado, explica Kátia Maria, vai além e será instituído o Selo Empresa Justa que irá certificar as empresas que pagar salários iguais para homens e mulheres na mesma função e der oportunidades para jovens e pessoas com deficiência. “Nos primeiros 180 dias vamos criar vagas de emprego com a retomada das obras paradas do estado, aquecendo a construção civil e garantindo mais empregos”, anuncia. Esta ação faz parte do programa Emprego Já, Facilitar o microcrédito e fomentar micro e pequenas empresas com linhas de crédito para que possam se estabelecer, se fortalecer e gerar mais trabalho e renda.

“Com a Economia Sustentável, que possui três eixos – turismo, agricultura familiar e economia criativa – vamos fomentar os arranjos produtivos locais gerando emprego e renda”, explica Kátia. O programa Economia Sustentável terá microcrédito específico para fomentar os três eixos de forma transversal e integrada para potencializar a economia local a partir de suas especificidades.  Um dos eixos deste programa é a Economia Criativa que irá ampliar os editais existentes das leis de incentivo à cultura – Lei Goyazes – e do Fundo de Cultura para todos os 246 municípios goianos, mudando a forma de seleção para garantir a interiorização e o fomento às diversas manifestações culturais existentes no estado. “Vamos integrar as três áreas turismo, agricultura familiar e economia criativa. Estas são formas limpas e rápidas de promover desenvolvimento”, enfatiza.

Saúde

Vai implantar três programas: Saúde Para Todos, Saúde no Prato e Mais Médicos Goiás. Com o Saúde Para Todos vai construir 10 Hospitais Regionais Integrados a 18 Centros Regionais de Especialidades Médicas para garantir que a população possa ser atendida na sua região.  “Vamos descentralizar o atendimento e em parceria com a UEG/UFG/PUC, formar mais profissionais com especialidades voltadas para as áreas de maior demanda, como a pediatria”, informa a candidata. Aliada a construção de unidades, o governo da coligação Mudança de Verdade vai fazer uma política de trânsito aliada à da saúde para evitar tantos acidentes, com maior intervenção nos pontos de altos índices de acidentes, garantindo a segurança das pessoas e reduzindo gastos com emergência e urgência ocasionados por pessoas acidentadas e aplicar estes recursos na prevenção. Outro ponto importante neste programa é garantir saneamento básico para todos os municípios para também garantir a prevenção e maior qualidade de vida.

O programa Saúde No Prato será um cartão para que as pessoas de baixa renda possam comprar alimentos de qualidade diretamente de agricultores familiares. Esta ação também garante geração de emprego e renda e fomenta a economia local. E com oMais Médicos Goiás, programa baseado no programa Mais Médicos dos governos federais do PT, será possível garantir que todos os municípios tenham profissionais e assim ter um programa de saúde preventiva, evitando que a pessoa adoeça e invertendo o formato atual que trata primeiro a doença.

Segurança

Para Kátia Maria, as pessoas precisam se sentir mais seguras no campo e nas cidades e desta forma vai fazer a Segurança Cidadã. O objetivo é implantar políticas preventivas e ação interdisciplinar com investimentos nas áreas da educação aliada à cultura, esporte, emprego e renda, desenvolvimento econômico, social e sustentável para emancipar o povo e reduzir os índices de violência. “Pesquisas comprovam que onde o estado está presente, a criminalidade não entra e isto só conseguimos com educação de qualidade, saúde, emprego e renda, esporte, cultura  e lazer para todos”, enfatiza.

Outra medida que Kátia vai adotar em seu governo é o aumento do efetivo policial por meio de concurso público e garantir a valorização salarial e qualificação profissional. “Queremos humanizar o serviço de segurança pública construindo uma segurança e isto passa por melhores condições de trabalho para os profissionais da segurança”, complementa. Aliado a isto o programaSegurança Cidadã vai reforçar e melhorar o trabalho de inteligência com tecnologias adequadas e equipes preparadas, com uma política de segurança mais estratégica.

“É preciso articular e fortalecer o Sistema Único de Segurança Pública – SUSP – em Goiás e para isso vamos organizar 100 Centros de Referência em Segurança Pública, colocando no mesmo espaço, sistema de inteligência, polícias civil, militar e federal, corpo de bombeiros, defesa civil e Detran”, reforça. Para Kátia, com trabalho articulado, o combate à criminalidade, em especial o crime organizado se torna mais eficiente, mas é necessário também tornar mais ágil as notificações e ocorrências para que possam ser acompanhadas em tempo real.

Esporte

Outro ponto importante no plano de governo da petista e que perpassa pela Educação Integral, é o programa Esporte para Todos.O objetivo, segundo a candidata, é fazer do esporte um instrumento de emancipação social e de fortalecimento da economia do estado. “Vamos realizar um conjunto de ações integradas envolvendo educação, saúde, esporte e lazer, com foco principalmente na juventude que habita os diversos municípios goianos”, explica.

O incentivo ao esporte passa pela revitalização e humanização dos ginásios poliesportivos, das academias abertas em logradouros públicos, além da construção de novos espaços para as práticas esportivas em Goiás. E para isto, a petista vai recuperar todos os ginásios poliesportivos e aumentar o número de beneficiados do Programa Bolsa Atleta, em especial para os de Alto Rendimento, para proporcionar melhor preparação e incentivo para disputas em diversas modalidades.

O programa Esporte para Todos vai, também, implantar o programa de formação de base em parceria com os municípios, garantindo aos adolescentes e jovens o acesso ao esporte integrado com a educação. E para isto é importante a reestruturação da ESEFEGO, garantindo melhores condições de trabalho, em especial para administrar o Centro de Excelência, fazendo dele um novo espaço de atividades físicas, dando função social ao local.

Acessibilidade

Hoje em Goiás as pessoas portadoras de alguma deficiência possuem entraves e dificuldades no ir e vir, no acesso a logradouros públicos, inclusive em prédios públicos. Kátia Maria já se comprometeu com as diferentes associações que representam portadores de alguma deficiência, em aplicar políticas transversais para garantir atendimento integral e promover a emancipação por meio da educação, cultura, esporte e saúde. Estas ações fazem parte dos programas Goiás Acessível e Viver Sem Limite. –

“Vamos garantir mais acessibilidade, qualidade de vida e emprego e renda. Todas as obras realizadas pelo estado serão realizadas dentro do padrão de total acessibilidade, e vamos orientar as empresas para fazerem o mesmo”, reforça.

Juventude

Além de garantir Educação Integral, Kátia tem ações específicas para a juventude goiana. “Vamos qualificar os nossos jovens por meio da educação, esporte e cultura”, enfatiza. Entre as ações destinadas à juventude está a viabilização do acesso a mais oportunidades por meio do programa Primeiro Emprego. Este programa visa garantir capacitação profissional ao jovem e será articulada com o Selo Empresa Justa, para incentivar empresas a contratar mais jovens e oferecer o primeiro emprego.

Como professora, a petista sabe o valor das atividades extracurriculares na formação dos estudantes. Hoje os jovens goianos beneficiados pelo Passe Livre Estudantil têm número limitado de viagens e não inclui ida a programas culturais e de esporte. Esta é uma preocupação da candidata que vai aumentar o número de viagens do Passe Livre Estudantil para garantir acesso à cultura, esporte e lazer para que os jovens tenham uma educação completa e integral.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here