“Eu sei o que fazer e como fazer para que o goiano tenha uma vida digna”, afirmou Kátia Maria

0
289
Foto: Divulgação

Nesta reta final de campanha a candidata ao governo de Goiás pelo Partido dos Trabalhadores, Kátia Maria, trabalha em ritmo forte e embalada pela Onda Vermelha que ocupou o Brasil e Goiás. Na tarde desta quarta-feira, 03, ela participou de uma grande carreata pelas ruas de Aparecida de Goiânia.

“Comecei a semana embalada pela Onda Vermelha que vem ocupando Goiás. Tivemos a honra de caminhar lado a lado com nosso presidente Haddad pelas ruas de Goiânia com milhares de pessoas na última sexta-feira (28) e o trabalho agora é espalhar essa onda por onde pudermos. Essa carreata de hoje é um exemplo disso. Fizemos mais uma carreta vitoriosa. E acreditamos na virada. Vai ser 13 de ponta a ponta”, disse a candidata.

Para a petista o cenário em Goiás está completamente aberto. Há poucos dias da eleição, 46% dos eleitores ainda não decidiram seu voto para o governo de Goiás, de acordo com a pesquisa Serpes. Na opinião dela, quem vai para o segundo turno é quem souber jogar melhor nestes últimos dias.

“Nesta reta final vemos um cenário muito positivo e um número alto de indecisos. Nós estamos apostando nesta virada, numa onda vermelha em Goiás porque as pessoas querem uma mudança de verdade e quem pode fazer esta mudança de verdade, que sabe o que fazer e como fazer somos nós do PT”, reforçou Kátia Maria.

Durante a carreata ela também destacou a importância do município de Aparecida de Goiânia para o Estado. Segundo a candidata, a cidade terá voz e vez em seu governo dada sua importância para a economia de Goiás. “Vamos estabelecer uma relação institucional e política harmoniosa com o governo municipal e com todos os atores políticos que querem o melhor para a população de Aparecida. Vou priorizar a cidade como Lula priorizou”, assegurou.

Foi nos governos de Lula e Dilma que o município recebeu os maiores investimentos na Educação como a construção do Instituto Federal, do Câmpus da Universidade Federal de Goiânia (UFG), e de uma rede de CMEIs para atender as crianças de 0 a 6 anos.

Na Saúde os recursos foram para construção de unidades básicas de saúde, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o hospital municipal, que ainda não está em funcionamento devido falta de verbas para equipamentos e manutenção. O seu plano de governo vai implantar três programas para área: Saúde Para Todos, Saúde no Prato e Mais Médicos Goiás.

Com o Saúde Para Todos, ela vai construir 10 Hospitais Regionais Integrados a 18 Centros Regionais de Especialidades Médicas para garantir que a população possa ser atendida na sua região.  “Vamos descentralizar o atendimento e em parceria com a UEG/UFG/PUC, formar mais profissionais com especialidades voltadas para as áreas de maior demanda, como a pediatria”, informa a candidata.

Aliada a construção de unidades, o governo da coligação Mudança de Verdade vai fazer uma política de trânsito aliada à da saúde para evitar tantos acidentes, com maior intervenção nos pontos de altos índices, garantindo a segurança das pessoas e reduzindo gastos com emergência e urgência ocasionados por pessoas acidentadas e aplicar estes recursos na prevenção. Outro ponto importante neste programa é garantir saneamento básico para todos os municípios para também garantir a prevenção e maior qualidade de vida.

O programa Saúde No Prato será um cartão para que as pessoas de baixa renda possam comprar alimentos de qualidade diretamente de agricultores familiares. Esta ação também garante geração de emprego e renda e fomenta a economia local. E com o Mais Médicos Goiás, programa baseado no programa Mais Médicos dos governos federais do PT, será possível garantir que todos os municípios tenham profissionais e assim ter um programa de saúde preventiva, evitando que a pessoa adoeça e invertendo o formato atual que trata primeiro a doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here