Saúde intensifica trabalho de conscientização sobre câncer de mama

0
1526
Foto: Ascom/SMS

Quase cinco mil vagas de exames são oferecidas todos os meses para as mulheres de Goiânia. Neste mês, já foram feitos 2.100 exames. Eunice Rodrigues, 57 anos, já teve um nódulo no seio, mas nos últimos 10 anos realiza continuamente o exame de mamografia através do serviço público. Eunice é uma das centenas de mulheres que fazem a mamografia no Hospital e Maternidade Dona Iris. “Em todas  as vezes que procurei  recebi assistência para fazer o exame, durante esses anos o maior tempo de acompanhamento foi aqui na Maternidade Dona Íris”, conta.

Durante a Campanha Outubro Rosa, a Secretaria Municipal de Saúde está incentivando as mulheres entre 50 a 69 anos a realizarem o exame de mamografia de rastreamento, essencial para o diagnóstico precoce do câncer de mama. O trabalho está sendo feito principalmente no Programa Saúde da Família, onde os agentes de saúde estão realizando uma busca ativa das mulheres que estão no grupo de risco. “Aproveitamos a Campanha Outubro Rosa para reforçar o trabalho de orientação e incentivá-las a fazer a prevenção. Mas este é um serviço que a saúde municipal oferece durante todo o ano e muitas vezes sobram vagas, pois muitas mulheres ainda não se conscientizaram da importância do exame. Com este trabalho de busca ativa das mulheres, queremos alcançar 90% de preenchimento das vagas”, explica a secretária municipal de saúde de Goiânia, Fátima Mrué.

Em Goiânia quase cinco mil vagas são oferecidas todos os meses pelo SUS para a realização da mamografia e, de acordo com dados do Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS (SIA), cerca de 30% das vagas disponibilizadas não são preenchidas. As mulheres podem realizar  a prevenção independente se há suspeita ou não de tumor pela Rede de Atenção à Saúde da Mulher.

Como ter acesso à mamografia pelo SUS em Goiânia

As mulheres que procuram pelo o exame na rede pública recebem assistência de duas formas: pelo Programa Saúde da Família (PSF), as pacientes depois de atendidas pelos agentes de saúde em casa, solicitam a autorização no Centro de Saúde da Família (CSF) e realizam o exame em uma das 14 clínicas credenciadas. A segunda forma é fazer a consulta nos ambulatórios dos Cais, Ciams e Centros de Saúde onde as mulheres vão receber a autorização, com local e horário definidos para fazer a mamografia também nos locais credenciados.

O Hospital e Maternidade Dona Íris (HDMI) é referência no atendimento de prevenção ao câncer de mama e a médica mastologista da unidade, Thauana Dias, faz um apelo para que as mulheres busquem a prevenção. ‘Essa campanha é importante para fazer com que as mulheres entendam a doença e participem do controle. O alerta pode ser baseado na última estimativa que tivemos de mais de 51 mil novos casos no Brasil e em Goiânia o índice é de 1.700 casos por ano. Esses indicadores preocupam os setores da saúde, por isso, precisamos da conscientização das mulheres’, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here