Baldy: “não declarei apoio a Bolsonaro esperando ter algo em troca”

0
842
Foto: Divulgação

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, afirma que anunciou apoio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) por considerá-lo a melhor alternativa para o Brasil, mas pondera que não se somou à campanha dele porque espera algo em troca.

“Eu já consegui atingir um objetivo e uma função que jamais poderia imaginar na vida pública, então eu exerço até o último dia que Deus permitir a função de ministro de Estado das Cidades com muito entusiasmo, com muita força, com muita energia e que, se por ventura, no futuro, com certeza toda honra e toda glória será feita em função de cada brasileiro. Não concedi apoio a Jair Bolsonaro esperando ter algo em troca, porque nunca fiz política com a questão de dar para poder receber”, afirmou.

Baldy diz que continuará no cargo se for convidado por Bolsonaro. Ele considera o PP parte importante da engrenagem administrativa que fez o Brasil sair do atoleiro econômico nos últimos meses.

“O Progressista é um partido que é muito preocupado e antenado com as questões desenvolvimentistas do país. Exercemos funções hoje tão importantes na vida dos brasileiros como ministro de Estado da Saúde, das Cidades, da Agricultura, o produtor rural é de tamanha envergadura como o Blairo Maggi, como a presidência da Caixa Econômica Federal, enfim. […] Em Goiás, o PP cresceu, sai da eleição de 2014 com um deputado federal e sai da eleição de 2018 com dois deputados federais e um senador, o Vanderlan. Ficamos felizes que houve o reconhecimento por parte da população de que nossos quadros possam exercer a representatividade, trabalhar pelo povo goiano, povo brasileiro na Câmara Federal, no Senado, mas trabalhar por resultado, trabalhar para que possamos trazer recursos para Goiás e eu acredito que tenho sido o parlamentar, no exercício da função, que mais trouxe recursos na história do nosso estado”, concluiu.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here