Goiânia recebe competição de dança de rua

0
749
Foto: Roque/UrbanPhotos

Valorizando a cultura de rua, Goiânia recebe dia 4 de novembro a segunda etapa do Brasil Super Battle, parte do Encontro Nacional de BBoys e BGirls, uma competição de dança que vai movimentar a cena hip hop da cidade. Das 14 às 18h, a batalha acontece na Praça Céu das Artes João Natal de Almeida (no Parque Flamboyant, Avenida Bela Vista) com entrada gratuita. O público vai curtir ainda os shows de rap de Mc Rivas, Mc Guru, Mc Karlos K, além do som dos DJs Ricoo D, Tubarão e Sapo.

A seletiva será na modalidade Crew (grupos de 5 integrantes) e será escolhido um  vencedor que vai disputar a final em Brasília dia 2 de dezembro, além de premiação no valor de R$500. Para participar, os interessados devem comparecer no dia, uma hora antes do início das competições e fazer a doação de 1kg de alimento não perecível que será doado a instituições carentes. O corpo de jurados é composto por nomes de peso como Foguete (Floor Riders), Tantinha (APGO Break) e Ched (Start Family).

Para o produtor do evento, Rivas, o Brasil Super Battle/ Encontro Nacional de BBoys e BGirls é um importante instrumento para difundir e dar visibilidade à produção cultural dos artistas em suas cidades, atrair competidores e artista de todo o país, em um intercâmbio cultural das artes urbanas, em especial à cultura hip hop “A história do evento é marcada por lutas no combate ao cenário de vulnerabilidade social, violência e carência enfrentado nas periferias. Além disso, nestes 29 anos, conseguimos ceder palco e impulsionar grandes talentos, consolidando-se como um espaço plural, de disseminação e projeção da cultura local para todo o país”.

O Brasil Super Battle/ Encontro Nacional de BBoys e BGirls começou seu circuito em Ceilândia (DF), passou por Belém (PA) e Uberlândia (MG) e agora chefa a Goiânia (GO). Depois disso, retorna para mais uma etapa no DF, desta vez em Planaltina (18/11), e então a grande final na Biblioteca Nacional (Brasília).

Promoção

O evento tem como produtores o artista multimídia Rivas, rapper, Bboy e grafiteiro, e a BGirl e produtora cultural Jane Alves. A parceria da dupla começou logo no início do 1º Encontro Nacional de BBoys e BGirls, em um evento de dança.  A iniciativa conta ainda com a realização do Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC) e apoio da Secretaria de Cultura do DF.

Dinâmica da competição

A cada etapa, jurados de notório conhecimento do meio hip hop, vão selecionar competidores para a final. Nas etapas de Ceilândia e Planaltina (DF), serão selecionados um BBoy, uma BGirl e um crew (grupo) em cada uma delas. Nas cidades fora do DF, serão selecionados um crew em cada uma das cidades. A organização deverá convidar 1 BBoy, uma BGirl e 3 crews para entrarem na disputa. Na véspera da grande final, haverá outra seleção que vai levar 5 BGirls, 5BBoys e 8 crews. Disputarão, assim, a grande final 8 BBoys, 8BGirls e 16 crews. Os vencedores levarão para cada premiações em dinheiro, sendo na categoria crew 1º colocado R$ 5.000  e 2º colocado 2.500, categoria Power Move e BGirl 1º colocado R$ 1.000 e 2º colocado R$ 500.

A final

A batalha final será uma grande celebração dias 1º e 2 de dezembro, em frente à Biblioteca Nacional, que contará ainda com grafiteiros fazendo sua arte ao vivo, workshop de danças com os jurados e show dos rapper Rivas e Ravelzão com os vencedores no palco. Além disso, ainda com presença de Low Bikers e carros antigos do Clube de Opalas Joia Rara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here