Prefeito sanciona leis que estruturam carreiras de auditores e procuradores

0
1088
Foto: Divulgação

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, sanciona nesta terça-feira, 30, às 9 horas, no auditório do sexto andar do Paço Municipal, leis que regulamentam carreiras de auditores fiscais e procuradores do município. Os projetos, que foram encaminhados pela Prefeitura de Goiânia e aprovados pela Câmara de Vereadores, preveem autonomia técnica e garantem quadro próprio de profissionais nas duas áreas de atuação, uma vez que a Lei Orgânica do Município determina que as duas categorias tenham planos de carreira específicos.

No caso dos procuradores, que são lotados na Procuradoria-Geral do Municipal, o texto estabelece a atuação dos servidores, que são advogados públicos do município, e garante autonomia para o desempenho da função, que tem como objetivo principal defender os interesses da população da Capital. Hoje a pasta conta com 70 profissionais e, conforme a presidente da Associação dos Procuradores do Município de Goiânia (Aprog), Isadora Souza, esse é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela categoria.

No caso dos auditores fiscais, que são lotados na Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), o projeto regulamenta a categoria estabelecendo que apenas servidores concursados exerçam a função e o resultado disso é que o número de auditores passe de 80 para 110, levando em consideração a realização do Concurso Público realizado pela Prefeitura de Goiânia em 2015. “Goiânia deu passo importante na área de auditoria fiscal que será modernizada, uma vez que respalda os servidores e o resultará em mais recursos ao erário público”, avaliou o presidente do Sindicato dos Auditores de Tributos do Município de Goiânia (Sindiffim), Manoel Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here