Procon Goiânia apreende duas toneladas e meia de carnes impróprias para o consumo

0
506
Foto: Divulgação

Fiscais do Procon Goiânia apreendem duas toneladas e meia de carnes impróprias para o consumo. A ação faz parte da Operação Fim de Ano realizada pelo órgão em supermercados, hipermercados e empórios de Goiânia e visa tirar de circulação todo tipo de carne que não esteja atendendo ao Código de Defesa do Consumidor. O superintende do Procon, José Alício de Mesquita, concederá mais informações nesta quarta-feira, 7, às 9h, na sede do órgão (Avenida Tocantins, número 191, no Centro). Filmagem da carne apreendida poderá ser feita no local.

Entre os produtos apreendidos estão carne bovina, suína e de frango, além de embutidos de origem animal. Toda essa quantidade foi recolhida de diversos estabelecimentos devido às desconformidades de condições das normas sanitárias de armazenamento, temperatura inadequada, sem condições básicas de higiene, e sem informações ao consumidor, como data de validade e origem do produto.

A operação que começou no dia 29 de outubro se estenderá até o final do mês. Até o momento foram visitados 42 estabelecimentos. A meta, segundo o superintendente do órgão, José Alício de Mesquita é fiscalizar todos os estabelecimentos da Capital. “Nosso foco é fiscalizar e tirar de circulação todo tipo de carne que desrespeita a legislação e coloca em risco a saúde dos consumidores’, afirmou. Ainda segundo o titular da pasta, os fiscais visitaram locais onde carnes estavam estragadas e constataram freezers que continham moscas mortas congeladas junto com o produto alimentício.

Toda a operação foi realizada por duas equipes do órgão por meio de levantamento de informações de estabelecimentos que possuíam denúncias. Todos os estabelecimentos visitados estavam irregulares, por isso, foram autuados e lavrados autos de infrações. Eles têm o prazo de 10 dias para apresentar defesa. A multa nesses casos varia de R$ 640 a R$ 9 milhões. Os produtos apreendidos foram inutilizados e serão descartados no Aterro Sanitário da Capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here