Vitti defende duodécimo integral

0
596

O presidente da Assembleia, deputado José Vitti (PSDB) , falou à imprensa, no encerramento da sessão extraordinária dessa tarde, sobre as questões levantadas nos últimos dias sobre o funcionamento do Poder Legislativo, número de servidores e verba de gabinetes dos deputados. Vitti foi enfático ao afirmar que as ações da Assembleia estão rigorosamente dentro da legalidade e que por isso mesmo estão discriminadas no Portal da Transparência. “Cada parlamentar tem sua verba de gabinete aprovada por lei e existe uma verba da Presidência e cada deputado tem a sua prerrogativa, lógico que existem indicações políticas porque é uma Casa política, mas na administração todos são eminentemente técnicos”, afirmou, lembrando que não existe nenhuma investigação, existem resoluções para cada ato, não existe nada que é feito às escondidas. Se tiver alguma coisa que possa estar em descompasso com a realidade, eu tenho a mais absoluta tranquilidade em corrigir”, afirmou.

Sobre a Seção de Limpeza e Manutenção, Vitti explicou que o Poder Legislativo não tem sobreposição de funções na área de limpeza e manutenção do prédio do Palácio Alfredo Nasser, uma vez que existe uma empresa contratada para a execução dessas atividades. “Isso aqui é um Poder e nós precisamos de profissionais que desempenham essas funções. No nome da seção existe a palavra “limpeza”, mas esse serviço é feito por uma empresa terceirizada, mas aqueles que estão lá nesse setor desempenham funções administrativas pertinentes a manutenção predial e dos próprios gabinetes dos parlamentares”, defendeu.

Por fim, Vitti defendeu a aprovação do duodécimo do Poder Legislativo, como forma de assegurar os recursos financeiros suficientes para manutenção adequada do Legislativo. “A Casa não recebe o duodécimo e isso não é de agora. Há muito tempo a gente briga para que isso aconteça, acredito eu que o próximo Governador será sensível com o próximo presidente e faça o repasse integral, sendo assim a Casa terá dinheiro para seus investimentos e não fique com o pires nas mãos pedindo dinheiro para o Executivo”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here