Fátima Gavioli assume Secretaria de Educação com compromisso de humanizar relação com professores e escolas

0
2781
Foto: Divulgação

Durante a diplomação dos eleitos no processo eleitoral 2018, o governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou o nome da professora Fátima Gavioli como a nova Secretária de Educação do Estado. De acordo com o democrata, a nova titular da Seduce acumula experiências exitosas no comando da pasta em Rondônia aliadas a um currículo bem-sucedido na área educacional.

De acordo com o governador eleito, Fátima se classificou, por meio de processo seletivo, para comandar as Secretarias dos estados de MG e RS, porém optou por Goiás. Aqui, segundo ele, ela assume o compromisso de implantar uma educação direta com professores e diretores de todos os municípios. “Estou otimista e confiante de que ela não só dará conta, como vai dinamizar a educação em Goiás”, avaliou Ronaldo Caiado.

Após ter seu nome anunciado, Fátima Gavioli foi recebida na Seduce pelo atual Secretário, Flávio Peixoto, iniciando o processo de transição.

Professora do quadro de funcionários de Rondônia, Fátima conta que já ocupou cargos em coordenadorias regionais e esteve no comando da Secretaria de Educação do Estado por mais de dois anos. “Conseguimos conquistas muito boas em um curto espaço de tempo em Rondônia. Implantamos um tratamento humanizado nas escolas, e conseguimos visitar mais de 250 das 500 escolas do Estado. Os professores e diretores tinham liberdade comigo e podiam fazer reinvindicações diretas durante esse período”, contou Fátima Gavioli.

Consultora do Fundação Lemann, Fátima Gavioli decidiu participar de processos seletivos para gerenciar Secretarias de Educação de três estados. Aprovada em Goiás, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, a professora diz ter optado pela gestão goiana pelo fato de ter-se identificado com o perfil e o plano de governo de Ronaldo Caiado. “O governador é uma pessoa desprovida de vaidade em relação a cargos, tanto é que favoreceu a visão técnica e a seleção de currículos. E Goiás e Rondônia são estados parecidos, tendo em vista que ambos fazem parte do consócio Brasil Central”, contou.

Sobre a missão que assume no próximo dia 1°, Fátima Gavioli garantiu que vai fazer uma ampla análise do quadro de servidores, para realizar um enxugamento da máquina e fazer um melhor aproveitamento dos recursos nas escolas. E também para melhorar a qualidade de trabalho dos profissionais da educação e o aprendizado dos alunos.

A nova titular da pasta disse ainda que pretende fazer atendimentos presenciais nas unidades escolares. “Uma coisa que pretendo fazer é não ficar em gabinete, vou ter um atendimento. No geral, a minha intenção é rodar Goiás, entrar nas escolas, conhecer as hortas, as cozinhas, conhecer os banheiros das crianças, e ver onde é que realmente a gente precisa aplicar as verbas da educação”, explicou a professora.

Outra ideia que a nova Secretária pretende implementar é a Seduce Itinerante, de forma a evitar que os coordenadores regionais tenham que se deslocar até a Capital, reduzindo custos desnecessários. Dessa forma, a Secretária faria visitas às unidades para ouvir as demandas e resolver as questões relacionadas à Secretaria. “É um governo que está começando sem politicagem, e o governador me deu autonomia para trabalhar. Pretendo estar presente nas escolas, olho no olho. Essa vai ser a marca da administração”, finalizou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here