Governador assina carta de intenção para instalação de usina fotovoltaica em Goiás

0
1157

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o secretário de Desenvolvimento Econômico (SED), Adriano da Rocha Lima, reúnem-se com empresários coreanos, nesta sexta-feira (25/1), para a assinatura de uma carta de intenção para instalar uma usina fotovoltaica em São João d´Aliança, no Nordeste do Estado. Com investimentos de US$ 1,5 bilhão (aproximadamente R$ 6 bilhões), a usina deverá produzir 600 MW de energia e ser a maior do gênero no Brasil e da América Latina, superando a usina Parque Solar Nova Olinda, no Piauí, que gera 290 MW.

Os empresários coreanos escolheram Goiás e, especificamente, o Norte Goiano, por causa da posição geográfica privilegiada, já que o Estado tem um dos maiores índices de irradiação solar, matéria-prima fundamental para a produção desse tipo de energia. “Quanto mais próximo da Linha do Equador, melhor. Goiás tem uma condição natural que é protagonista para a geração deste tipo de energia”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico.

No acordo com os coreanos, ficou acertado que a contrapartida do Estado não será a concessão de incentivos fiscais, mas apenas a cessão, em regime de comodato, do terreno onde será construída a usina. Para o secretário Adriano da Rocha Lima, a usina fotovoltaica trará desenvolvimento econômico e social para as regiões Norte e Nordeste.

“É uma região que enfrenta dificuldades na atração de investimentos e, com a instalação dessa usina, podemos gerar empregos e, consequentemente, desenvolvimento econômico e social para todo o Norte e Nordeste”, argumenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here