Materno Infantil ganha novos equipamentos

0
752
Foto: Junior Guimarães

“Hoje é o dia mais alegre destes meus 38 dias de governo. Estou aqui realizando aquilo pelo que luto todos os dias: salvar vidas!” Assim celebrou, sem conter o enorme sorriso de satisfação, o governador Ronaldo Caiado, ao fazer a entrega, logo nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (8/2), dos novos equipamentos ao Hospital Materno Infantil (HMI). Esta foi a quinta vez que Caiado esteve no Materno Infantil desde que assumiu o governo do Estado. Ele estava acompanhado do secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, e foi recebido por Rita de Cássia Leal, diretora regional do Instituto de Gestão e Humanização (IGH) responsável pela gestão do HMI, além de servidores da unidade hospitalar.

Foram entregues 10 incubadoras neonatais e 15 berços aquecidos, que irão auxiliar no tratamento de crianças prematuras. O investimento para aquisição dos equipamentos foi de R$ 452 mil. Dinheiro que, mesmo em uma situação de calamidade financeira, foi possível levantar graças ao esforço do governo. “O recurso é proveniente de um bloco de gestão do Ministério da Saúde chamado ‘Média e Alta Complexidade’, composto pela parte de Investimento e a de Custeio. Para a entrega de hoje, fizemos a alocação do recurso para investimento na estrutura do hospital”, explicou Ismael Alexandrino.

Agora, o Materno Infantil passa a contar com um total de 31 incubadoras e 33 berços aquecidos. Essa quantidade de berços atinge o número considerado ideal para funcionamento no HMI, atendendo 100% da demanda. Para Rita de Cássia, o sentimento que fica é de alegria e esperança no novo governo. “Esses 10 berços e 15 incubadoras farão toda a diferença na assistência prestada pelo Materno Infantil. Isso aqui representa vida, qualidade de vida para os recém-nascidos e melhores condições de trabalho para nossos colaboradores. É muito mais dignidade para a população goiana. Estamos muito felizes”, celebrou a diretora do IGH.

A próxima meta do governo será reestruturar o centro cirúrgico do Materno Infantil, de modo que seja possível a realização de qualquer procedimento, principalmente de crianças que nascem com lesões cardíacas, entre outros casos. “Estamos buscando alternativas rápidas para podermos dar condições, para que o colega cirurgião possa desenvolver a melhor técnica. Tudo isso para mostrar que nós temos que dar atenção para as coisas que são fundamentais, como a vida. Eu não deixei de ser médico. Eu estou governador do Estado, mas eu sou médico. E quando você vê a família bem, é porque o Estado realmente está cumprindo a sua tarefa”, comentou Caiado.

Empenho e solidariedade
O governador aproveitou a ocasião para parabenizar o trabalho da equipe da pasta da saúde, na pessoa do secretário Ismael Alexandrino. “Um jovem goiano que hoje é tido entre as pessoas que mais conhece dessa área da Saúde Pública e que tanto tem trabalhado nesse sentido. Garanto que essa equipe, hoje, tem outra motivação que até então não tinha. Porque eles estão vendo o esforço do Governo, estão vendo a presença do Governo, então esse é o bom exemplo que dá o líder”, elogiou.

Ao final, Caiado fez questão de mencionar a solidariedade do povo goiano, da qual tanto se orgulha. “Todos estão imbuídos em uma causa só, que é salvar o Estado. É salvar vidas e dar qualidade de vida. Para se ter uma ideia, já teve caso aqui no hospital de uma criança com crise convulsiva em que eles mesmos juntaram dinheiro para comprar medicamento. Então, isso se chama solidariedade, amor ao próximo, é isso que o Governo tem que ter. Não é visando apenas os seus interesses, o Governo precisa visar o interesse do povo. Não tem sentido você ter um estrutura de Governo que o povo trabalha para atender a estrutura de Governo. Não, o povo trabalha para o Governo prestar conta ao povo. Nós aqui em Goiás invertemos a situação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here