Chuva causa alagamentos e mortes na Grande São Paulo

0
265
Foto: Reprodução/TV Globo

A forte chuva que atingiu a Grande São Paulo entre a noite de domingo (10) e a madrugada desta segunda-feira (11) fechou uma linha da CPTM e fez com que o rodízio fosse suspenso nesta manhã.

Confira a situação do transporte e do trânsito na capital e na região metropolitana:

Transporte
A Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que vai do Brás até Rio Grande da Serra, não abriu nesta manhã. Os trilhos ficaram alagados. Não há previsão para sua reabertura.
100 ônibus da operação Paese, da SPTrans, foram disponibilizados para fazer o trajeto da linha.
Estação Tamanduateí do Metrô alagada.
Ônibus de oito linhas não circulam pela Marginal Tietê, abaixo da Ponte das Bandeiras, e efetuam desvios pela Rua Voluntários da Pátria, Rua Santa Eulália e Av. Santos Dummont.
Expresso Tiradentes fora de serviço até por volta de 7h20.

Rodízio
O rodízio municipal de veículos foi suspenso durante todo o dia, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Veículos placas final 1 e 2 poderão circular por toda a cidade.
Zona Azul suspensa na capital.
Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF) também foram liberadas.

Aeroportos
Aeroporto de Congonhas opera por instrumentos. Não há registros de cancelamentos.
Aeroporto de Cumbica não tem voos cancelados.

Rios transbordaram
Rio Tietê transbordou e invadiu pistas sentido Ayrton Senna e Castello Branco. Havia alagamentos em diversos pontos.
Piores pontos estão na altura das pontes das Bandeiras e Casa Verde.
Pista sentido Ayrton Senna tem bloqueio total na altura da Ponte Atilio Fontana.
Córrego da Mooca e Rio Tamanduateí transbordaram.

Outros bloqueios
Via Anchieta tem interdição na altura da Uniban.
Avenida do Estado tem vários pontos de alagamento.
Bairros de Vila Prudente e Ipiranga são os mais afetados.
Rodovia dos Tamoios, principal ligação entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte de São Paulo, foi interditada; houve duas quedas de barreiras.
Queda de árvore interdita a Avenida Sumaré.

Pontos de alagamento em São Paulo

Zona Norte:
Marginal Tietê, próximo à ponte do Limão, pista Central, sentido Castello Branco;
Avenida Otaviano Alves de Lima, próximo à Ponte Freguesia do Ó, sentido Castello Branco;
Marginal Tietê, próximo à Ponte Casa Verde, pista expressa, sentido Castello Branco;
Avenida Zaki Narchi, próximo à Avenida Cruzeiro do Sul;
Avenida Olavo Fontoura, próximo ao número 1.209.

Centro:
Avenida do Estado, próximo à PC. Alberto Lion (intransitável);
Avenida Presidente Castelo Branco, pista local, próximo à Ponte das Bandeiras, sentido Ayrton Senna (intransitável);
Rua Sergio Tomas, sentido Centro, próximo ao número 660 (intransitável).

Zona Oeste:
Avenida das Nações Unidas, sentido Castello Branco, próximo à Ponte Jaguaré;
Marginal Tietê, pista expressa, sentido Ayrton Senna, próximo à Ponte Atílio Fontana;
Marginal Tietê, pista central, sentido Ayrton Senna, próximo à Pt Comunidade Húngara (intransitável);
Avenida Presidente Castelo Branco, pista local, sentido Ayrton Senna, próximo à Pt Casa Verde;
Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, próximo à Pt Jaguaré;
Avenida Engenheiro Billings, sentido Interlagos, puista local, próximo à Pt Jaguaré;
Avenida Emb. Macedo Soares, sentido Castello Branco, pista local, próximo à Pt Freguesia do Ó;
Rua Joaquim Manuel de Macedo, próximo à Avenida Marquês de São Vicente (intransitável);
Avenida Marquês de São Vicente, próximo à Avenida Thomas Edson (intransitável);
Avenida das Nações Unidas, sentido Castello Branco, pista local, próximo à Rua Florida.

Zona Leste:
Rua Dr Miguel Paulo, próximo à Avenida Bom Jardim (intransitável);
Avenida Paes de Barros, sentido Centro, próximo à Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello (intransitável);
Avenida Paes de Barros, sentido único, próximo à Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello (intransitável);
Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello, sentido Vila Prudente, próximo à Avenida Salim Farah Maluf (intransitável);
Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello, próximo à Avenida Paes de Barros (intransitável);
Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello, próximo à Rua Maria Dafre (intransitável).

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here