Empreendedorismo feminino é tema do “Hable con ella”

0
821

Atualmente, o Brasil conta com 24 milhões de mulheres empreendedoras, o que representa mais de 46% do total de pessoas no país que nos últimos 12 meses realizou algum tipo de ação para abrir seu próprio negócio. Porém, desse total de empreendedoras, apenas 9,3 milhões, ou 38%, tornam-se efetivamente donas de um negócio. Entre os 28 milhões de homens que empreenderam nos últimos 12 meses, 18,1 milhões converteram-se em efetivos donos dos seus negócios, ou seja, o dobro do contingente de mulheres.

Os dados constantes do último Relatório sobre Empreendedorismo Feminino no Brasil, divulgado neste mês de março pelo Sebrae, revelam que apesar delas terem aumentado em 34% sua participação no movimento de empreendedorismo nos últimos 14 anos, ainda são muitos os desafios que as mulheres enfrentam para serem reconhecidas e valorizadas como empreendedoras. Para discutir sobre essas dificuldades e outros assuntos como respeito, comportamento e empoderamento feminino, a empresária e designer Eleonora Hsiung e sua sócia Julliana Araújo comandam um bate-papo sobre empreendedorismo feminino, a partir das 10h deste próximo sábado (30/03), no decorado do Reserva Parque Areião, localizado na Central de Decorados da Brasal Incorporações, no Setor Marista, em Goiânia.

As empresárias, que prometem compartilhar com as convidadas sua experiência de se criar uma marca contando apenas com a força feminina, serão as anfitriãs do Hable con ella, ação que irá fechar com chave de ouro o calendário especial do mês da mulher. “Compreender o nosso lugar de fala diante de todas as questões que envolvem o ser mulher, o que realmente importa nessa discussão e o que a gente vai fazer para se posicionar a respeito disso”, comenta Eleonora sobre o bate-papo que irá conduzir, juntamente com sua sócia Julliana.

Autoestima
A designer destaca ainda que a autoestima será um dos motes do encontro no próximo sábado. “Eu vejo mulheres fazendo verdadeiras violências contra si mesmas por causa desse culto exacerbado à beleza e juventude que existe nos dias de hoje. Vejo mulheres ainda se anulando de forma que elas nem compreendem. Vejo mulheres vendo outras mulheres como vilãs ou como inimigas. Eu acho que isso é reflexo de uma falta de compreensão do valor que realmente cada uma de nós temos”, ressalta Eleonora.

O Ateliê Eleonora Hsiung ganhou reconhecimento nacional e internacional a partir de 2011, quando suas peças foram usadas na minissérie “O Astro”, da Rede Globo. De lá para cá, os acessórios produzidos pela designer que dá nome à marca ganharam as passarelas e revistas de moda do mundo inteiro.

Além do bate-papo comandado pelas duas empresárias, o evento contará com a discotecagem da DJ Gabb Borghetti, brunch do Buffet Excalibur e transmissão ao vivo pelo Instagram da Brasal Incorporações, realizadora da ação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here