No lançamento do “Sesc Esporte em Ação”, Caiado destaca importância das parcerias para a melhoria do ensino em Goiás

0
853
Foto: Divulgação

“Qualidade curricular e interação da Educação entre Estado, municípios e atividades envolvidas no segmento: é isso que temos que buscar!” Foi com este espírito que o governador Ronaldo Caiado prestigiou, nesta sexta-feira (29), na Associação de Moradores do Jardim Guanabara, o lançamento do “Sesc Esporte em Ação”, um projeto Sesc/Senac com apoio do Governo do Estado e da Fecomércio, que vai promover Educação e Cidadania por meio do Esporte. Várias atividades esportivas serão oferecidas para crianças e adolescentes de 4 a 16 anos de idade, estudantes da rede pública de ensino. As aulas serão realizadas de maio a dezembro de 2019.

Pouco antes da solenidade, em conversa com jornalistas, Caiado voltou a destacar o peso que as parcerias e convênios terão na sua gestão. “A nossa preocupação é com resultados. E ninguém faz nada sozinho. A Educação não é só do Estado, ou do município. Também perpassa por outras instituições comprometidas com a qualidade do ensino, como o Sesc, Senac e todo Sistema S. O que precisamos é convergir todas estas forças para que haja uma congruência das ações em prol da Educação. Para que nossos jovens cheguem mais preparados ao Ensino Médio e em condições de disputar o mercado de trabalho internacionalmente”, afirmou.

Segundo o presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Baiocchi, as metodologias aplicadas ao esporte educam de maneira lúdica, desenvolvem habilidades, valores humanos e sociais, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos. “Pensar em ofertar esporte para os alunos de escolas públicas e dependentes de trabalhador do comércio é afirmar todo o comprometimento e excelência que o Sesc Goiás têm com a aprendizagem, corporeidade, movimento, ludicidade e prazer a serviço de uma formação cidadã”, opina Baiocchi.

A presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado, destacou o empenho do governo para detectar os pontos de vulnerabilidade e carência do povo goiano e demonstrou otimismo com os avanços nestes 90 primeiros dias. “Quando vejo essa parceria entre prefeitura, Sistema S, comunidade e governo do Estado, meu coração de mãe acalma. Sei que uma mãe deseja que seu filho tenha acesso a saúde e educação. Juntos, nós vamos resgatar a dignidade da população, que é o que ela espera de nossos governantes”, comentou.

Além do governador e da primeira-dama, diversas autoridades estiveram presentes na solenidade, como o prefeito Iris Rezende, que enalteceu o projeto e o governador. “Mesmo com tantos problemas, ele [Caiado] veio prestigiar um projeto que diz respeito diretamente aos ‘pequenos’ do ensino municipal. Não tenho dúvida de que, juntos, vamos fazer com que os filhos dos trabalhadores de Goiânia, de famílias pobres, possam usufruir de um ensino tão importante quanto aqueles das escolas mais sofisticadas da capital”. O presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo, frisou que não se lembrava de quando foi a última vez que um governador esteve na região do Guanabara.

O projeto
As atividades serão divididas em duas metodologias. As Atividades Psicomotoras, Lúdicas e Esportivas (Aples) são voltada para crianças de 4 a 9 anos e são focada na iniciação esportiva por meio de habilidades lúdicas. Já para alunos acima de 10 anos, serão oferecidas aulas de artes marciais (karatê, taekwondo e judô). Em todos os casos, as atividades serão desenvolvidas no contraturno escolar, nos espaços esportivos da instituição de ensino pública ou da unidade Sesc.

As inscrições serão permitidas para os alunos das escolas públicas goianas que são dependentes do trabalhador do comércio. As aulas realizadas em escola serão ofertadas apenas a alunos da instituição. As inscrições terão validade de um ano letivo e, havendo demanda reprimida, uma lista de espera será aberta. Os uniformes (kimonos) para os alunos de artes marciais serão entregues no primeiro dia de aula.

Segundo a presidente da Associação do Jardim Guanabara, Kelly Taveira de Morais, mais de 500 famílias da região devem ser alcançadas. “Esta parceria com o Estado é uma novidade. Com este apoio, vamos poder desempenhar melhor nosso trabalho e atender ainda mais pessoas, tirando as crianças do caminho da criminalidade, com atividades além da sala de aula. As atividades serão 100% gratuitas, de segunda a sexta-feira, de manhã, tarde e noite”, explicou.

O diretor regional do Sesc/Senac, Leopoldo Veiga Jardim, acrescentou que também está prevista a alimentação dos alunos atendidos. “Esse projeto, construído a quatro mãos com o governo do Estado, é muito importante que jovens e crianças, que vivem nesta região vulnerável de Goiânia, tenham acesso a aulas de karatê, judô e encontrem mais do que uma atividade, mas uma ocupação prazerosa, onde encontrarão uma ideologia que envolve atenção, saúde e conhecimento de suas habilidades. É sabido que o esporte é uma grande ferramenta para as novas gerações, ainda mais numa época onde a vulnerabilidade social se apresenta tão ameaçadora”.

Judô
Ao final da solenidade, o governador assistiu uma apresentação dos pequenos judocas e participou da entrega de 100 kimonos para alunos que praticam judô. Ao longo da semana serão confeccionados mais 300 uniformes, que totalizarão 400 kimonos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here