“Goiânia é exemplo para todo o Brasil”, diz Iris ao lançar Censo Previdenciário

0
428
Foto: Divulgação

“Goiânia é exemplo para todo o Brasil”, disse o prefeito Iris Rezende durante lançamento do 1º Censo de Recadastramento Previdenciário de Goiânia, nesta quarta-feira (24/04). Promovida pela prefeitura e Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município (GoiâniaPrev), a ação é inédita e vai beneficiar 38.881 servidores ativos e inativos. “A medida está em acordo com as ferramentas mais modernas de gestão. O mundo se transforma radicalmente e precisamos acompanhar o ritmo das evoluções”, afirma.

De acordo com Iris, “as previdências estão falidas em todo o país e precisamos usar a tecnologia disponível para fazer os ajustes necessários”. Segundo ele, a Prefeitura de Goiânia organizou as finanças e garantiu, pela primeira vez na história, a realização do censo. A iniciativa concede aos servidores públicos (ativos e inativos) a oportunidade de acessar seus dados organizados e digitalizados em um novo sistema de tecnologia. “Essas informações vão abastecer toda a administração pública e vamos ter mais segurança nas análises e também poderemos prestar os serviços com mais celeridade”, disse o prefeito durante solenidade no Paço Municipal.

Para facilitar o acesso do funcionalismo, os atendimentos foram agendados antecipadamente. O servidor deve entrar no site da Prefeitura de Goiânia (www.goiania.go.gov.br) e conferir data, local e horário do recadastramento. A lista de documentos também está disponível na internet. O Censo Previdenciário será realizado pelo período de quatro meses e se encerrará no dia 29 de agosto.

Para recadastrar os servidores, a Prefeitura instalou três postos de atendimentos, que estão no Paço Municipal, no Parque Lozandes; GoiâniaPrev, na avenida B, setor Oeste e no Instituto Municipal de Assistência Social (Imas), avenida Paranaíba, Centro.

Atendimento social
O Censo de Recadastramento integra o processo de Modernização da Previdência Social de Goiânia, que foi iniciado pela administração municipal, em 2017, e permitiu pagamento de dívida histórica da cidade para com aposentados, atualização da legislação previdenciária e também implantação de novos sistemas de gestão e de tecnologia. O presidente do GoiâniaPrev, Paulo Henrique Rodrigues Silva, afirma que a participação no censo é obrigatória para todo o funcionalismo municipal.

A coleta de dados se inicia nesta quarta-feira (24/04), e está dividida em três categorias; cadastral, funcional e financeiro. Paulo Henrique explica que uma base de dados atualizada e consistente possibilita maior eficiência na realização da Avaliação Previdenciária Atuarial, que define a política previdenciária nos Estados e municípios. Ele diz que, com base nestas informações, será possível estimar quando o segurado vai adquirir direito para aposentar, probabilidades em relação às pensões por morte, previsão do cálculo de compensação previdenciária com o INSS, entre outros.

O GoiâniaPrev vai oferecer atendimento social aos servidores aposentadores e pensionistas com dificuldades de locomoção e em tratamento de saúde durante o 1º Censo de Recadastramento Previdenciário. Para este público, haverá equipe móvel especial para a coleta dos dados em domicílios ou em unidades de saúde.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here