HUGO recebe visita de animais e vive tarde inédita

0
703

Já diz o ditado que o cão é o melhor amigo do homem. Para os amantes dos animais, apenas a presença deles é suficiente para transformar e descontrair o ambiente, proporcionando mais alegria e leveza, sentimentos ideais para quem está em tratamento dentro de uma unidade de saúde. Por isso, o Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO) recebe nesta sexta-feira (10), a partir das 14 horas, a visita dos cachorros do Programa de Atividade/Terapia Assistida por Animais (A/TAA) em Hospitais de Goiânia, da Universidade Federal de Goiás (UFG). A iniciativa é realizada pelos cursos de Medicina Veterinária e Medicina.

A visita ocorre em áreas de circulação do hospital e foi planejada com a aprovação do Serviço de Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (SciRAS) da unidade, a fim de garantir que todas as medidas necessárias sejam tomadas para proporcionar segurança a pacientes e animais. O público interno do HUGO poderá desfrutar de alegria e presenciar a troca de carinho e amor entre ser humano e animal.

A iniciativa tem o objetivo de desenvolver uma alternativa de humanização na assistência, uma vez que promove experiência inovadora e proporciona benefícios biopsicossociais ao paciente, à família e à equipe. “A Visita Pet pode reduzir impacto e estresse gerados pela hospitalização, atenuar o sentimento de depressão e isolamento e aliviar o sofrimento. É importante ressaltar, também, que o contato com animais desvia o foco do paciente em olhar apenas para a doença e estimula a troca afetiva”, ressalta Flávia Zenha, coordenadora do Departamento Psicossocial do HUGO.

Para oferecer uma assistência humanizada, mas também zelar pelo cuidado técnico, o coordenador do SCiRAS, Guillermo Sócrates, alerta que a presença dos amigos peludos no HUGO foi concedida pelo setor. “Vamos acompanhar toda a visita, para que os pacientes possam vivenciar essa experiência inédita no HUGO, com a certeza que estão seguros, quanto à assistência médica. Nossa equipe cuidará da higienização dos internos e, posteriormente, dos ambientes pelos quais os animais passaram. Com os devidos cuidados, essa é uma excelente ação para humanizar o hospital como um todo”, explica o médico.

Programa de Atividade/Terapia Assistida por Animais (A/TAA)
Coordenados pelas professoras Kellen Oliveira e Alessandra Vitorino, das Faculdades de Medicina Veterinária e Medicina da UFG, respectivamente, o Programa de Atividade/Terapia Assistida por Animais (A/TAA) em Hospitais de Goiânia-GO existe há dois anos. É uma ação multidisciplinar e conta com a participação de alunos da Enfermagem, Odontologia e Psicologia, entre outras especialidades.

Os animais passam por avaliação comportamental e veterinária. Quando caracterizados como aptos para participar da ação, o médico veterinário analisa o estado de saúde, cartões de vacinas e hemograma, por exemplo. Após check-up do animal, o especialista emite um atestado sanitário, que é repassado para a coordenação do programa, para os proprietários e para os hospitais. As informações são da coordenadora do projeto, Kellen Oliveira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here