Comerciantes de alimentos deverão fornecer álcool em gel aos consumidores

0
524

O projeto de lei (88/2018) que dispõe sobre a obrigatoriedade de disponibilizar recipiente contento álcool em gel (70%), ao consumidor, em comércios de alimentos situados nas vias públicas ou espaços públicos foi aprovado em segunda votação, na sessão ordinária desta terça-feira (14), na Câmara Municipal de Goiânia.

Autora da matéria, a vereadora Priscilla Tejota (PSD) ressalta que a medida vai influenciar, sobretudo, a saúde da população. “Temos visto um crescimento muito grande de patologias, doenças respiratórias, resfriados, gripes e, principalmente, da H1N1. A Organização Mundial de Saúde e os especialistas defendem que a prevenção de doenças pode feita através da simples higienização das mãos e a utilização do álcool em gel antes do consumo do alimento”, destacou a parlamentar.

Priscilla esclarece que a aplicação da medida nos comércios de alimentos localizados em vias públicas tem por objetivo estender o que já existe nos hospitais, shopping centers, entre outros. “Existem muitas pessoas circulando nesses locais como feiras, bancas de alimentos, ambulantes, lanchonetes e há o risco maior de contaminação”, explicou a parlamentar que completou fazendo um apelo à sociedade. “A melhor maneira de evitar a morte e o sofrimento é a prevenção. Quero pedir à população para atender a essa demanda. Nós sabemos que prevenir é mais barato do que correr o risco de pegar uma infecção, principalmente essas doenças que atingem crianças e idosos”, expressou.

De acordo com o texto, a fiscalização da lei ficará a cargo do Poder Executivo e o estabelecimento que não cumprir com a ação será multado, podendo perder o alvará de funcionamento em caso de reincidência. O projeto segue para sanção ou veto da prefeitura de Goiânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here