Casa da Indústria sedia lançamento do 15º Festival Italiano de Nova Veneza

0
1066
Foto: Divulgação

Na quinta-feira, 30 de maio, às 8h, a Casa da Indústria sedia o lançamento do 15º Festival Italiano de Nova Veneza que, neste ano, está celebrando seu debut com passos sólidos ao amadurecimento. Primeiro festival gastronômico do Estado, que deu origem ao Circuito Gastronômico de Goiás, ele já reúne mais de 110 mil visitantes em 4 dias de realização, sendo considerado uma das maiores festas temáticas do País. Diante de sua relevância, o evento conquistou o apoio oficial da Embaixada da Itália no Brasil.  Em 2019, será realizado de 6 a 9 de junho.

Na abertura, os convidados terão uma degustação das apresentações culturais que estão sendo preparadas para este ano. O coral de crianças, com 20 vozes, fará uma amostra, assim como o coral de adultos Amici di Venezia. A cantora Ana Paula Drigo e os tenores venezianos Weber e Alex interpretarão uma canção italiana.

Há dois meses, a população da pequena cidade, de menos de 10 mil habitantes, envolvida com ensaios de apresentação cultural, preparação de pratos, entre outras atividades, sempre com espírito hospitaleiro. “A cidade orgulha-se de mostrar suas raízes e receber visitantes, bem ao espírito alegre do italiano”, diz a presidente da Associação Veneziana Pró-Festival Italiano (Afesti), Hermione Stival.

Além do resgate cultural, o evento adquirindo relevância também para a economia da cidade. São mais de 1000 postos de trabalhos gerados além do movimento em toda a cadeia produtiva da região – onde predomina a agricultura familiar: de produtores de milho, tomate, hortaliças, gado, frango etc, a profissionais de setor de gastronomia, eventos, artistas, entre outros, todos se envolvem com o festival. Para se ter uma ideia, só na Cantina da Nona, o restaurante oficial do evento, adquiriu 2.000 quilos de frango,15 vacas e quase 4 toneladas de massa para preparar os pratos.

De acordo com o Conselho Empresarial de Hospitalidade e Turismo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), turismo é responsável por impulsionar outras 52 áreas da atividade econômica, direta ou indiretamente.

O evento caminha para o caminho da sustentabilidade, sendo realizado neste ano majoritariamente com o apoio da iniciativa privada. “O evento tem a sinergia com o setor produtivo, uma vez que desenvolve o empreendedorismo, gera emprego e renda para a população”, considera o presidente da Federação da Indústria e Comércio do Estado de Goiás, Sandro Mabel. No total, são 16 parceiros.

Reduto dos colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos, Nova Veneza  é símbolo da imigração no Estado. Cerca de 60% de seus moradores são descendentes de italianos, que se fixaram na região por volta de 1924 e tornaram-na conhecida como a ‘’Colônia dos Italianos’’. Em 1958, a colônia tornou-se município, batizado de Nova Veneza.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here