Saneago apresenta plano de investimentos para Goiânia

0
892
Foto: Paulo José

Goiânia deve receber mais de R$ 900 milhões de investimentos em saneamento básico até 2023. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 04, durante uma audiência entre o prefeito Iris Rezende e o presidente da Saneago, Ricardo Soavinski. O encontro, que ocorreu no Paço Municipal, serviu para a diretoria da companhia apresentar o plano de investimentos e negócios que deverá ser executado pela concessionária nos próximos cincos anos na Grande Goiânia.

Entre as medidas, está a ampliação do sistema de esgoto da cidade. Atualmente, 93% da população de Goiânia é beneficiada com esse tipo de serviço. O objetivo da Saneago, segundo Ricardo Soavinski, é expandir para 98%. ‘Mais de 200 mil pessoas das regiões Noroeste e Oeste da capital serão beneficiadas com o projeto de ampliação da rede. A intenção é que essas obras, que devem começar em breve, elevem o nível de eficiência do tratamento de esgoto em Goiânia’, disse.

Durante a reunião, Iris Rezende afirmou que o saneamento é uma das prioridades da gestão municipal e lembrou que a Prefeitura de Goiânia trabalha, desde o ano passado, na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). ‘Estamos debruçados sobre um projeto que vai nortear as questões relacionadas ao abastecimento de água, à gestão dos resíduos sólidos e à drenagem urbana da cidade. O Plano será um instrumento para conduzir os investimentos da área e garantir de forma efetiva o tratamento de água e esgoto de toda cidade’, pontuou.

Além da expansão do sistema de esgotamento sanitário, a Saneago anunciou que vai executar, em parceria com a administração municipal, a ampliação do Sistema Mauro Borges, a produção do Sistema Caldas e a manutenção das estações de tratamento de água da cidade. ‘Esses investimentos serão possíveis em virtude da modelagem de gestão participava adotada pela Saneago e pela Prefeitura de Goiânia’, acrescentou.

Em seguida, o presidente da Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos de Goiânia (ARG), Paulo César Pereira, aproveitou a audiência para apresentar à diretoria da Saneago algumas demandas do município, como a resolução do impasse referente à responsabilidade pela manutenção dos cortes feitos no asfalto pela companhia de saneamento.

‘O contrato vigente estabelece que a empresa deve realizar a recuperação asfáltica das vias públicas em que forem necessários cortes para realizar manutenções nas redes de água ou esgoto. No entanto, o município é que tem promovido este serviço. Por isso, devemos chegar a um acordo e definir a melhor forma para que o recapeamento seja feito com agilidade e eficiência’, ressaltou o presidente da AGR.

Ricardo Soavinski, por sua vez, garantiu que esse e outros pontos que são de responsabilidade da concessionária de água e esgoto serão discutidos com os secretários municipais. ‘Com diálogo, transparência e responsabilidade vamos melhorar os serviços prestados à população e garantir segurança hídrica para toda a Região Metropolitana de Goiânia’, finalizou.

A reunião contou ainda com a participação dos secretários de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan da Cunha Mattos; de Administração, Agenor Mariano; e de Governo, Paulo Ortegal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here