Entidades terão até 15 de julho para pleitear recursos do Programa Pão e Leite

0
470
Após iniciativa do deputado Thiago Albernaz, o governo de Goiás prorrogou o prazo para apresentação de propostas

O deputado estadual Thiago Albernaz (SDD) realizou no dia 22 de maio uma audiência pública sobre o Terceiro Setor na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego). Na ocasião, entidades solicitaram ao deputado que os auxiliassem na prorrogação da data para apresentação de propostas relacionadas ao programa Pão com Leite.

A partir daí, a Secretaria de Desenvolvimento Social de Goiás decidiu estender o prazo até 15 de julho. Desta forma, as instituições terão mais tempo para pleitear recursos financeiros voltados para a complementação nutricional dos beneficiários.

Podem solicitar o apoio todas as entidades que atendam diariamente crianças, adolescentes, idosos, dependentes químicos, doentes crônicos, queimados ou outros grupos que se encontram em situação de vulnerabilidade. Isso garante aos beneficiários o atendimento a um dos direitos fundamentais, além da inclusão social.

“A prorrogação do prazo mostra que conseguimos nosso propósito de sensibilizar o poder público sobre as demandas do Terceiro Setor, fruto da nossa audiência pública que, de forma inédita, reuniu mais de 100 entidades e representantes de todas as esferas”, afirmou Thiago Albernaz.

No entanto, o trabalho não para por aí. “Temos ainda um longo caminho, mas estamos felizes de ter nosso mandato na construção dessa ponte tão necessária para a sociedade, já que é o Terceiro Setor o responsável por chegar em locais sensíveis, onde o Estado não consegue”, concluiu.

A necessidade de prorrogar a data se deu em função da burocracia, de mudanças nas exigências e dúvidas não respondidas por parte das instituições quanto ao edital de chamamento para o programa. Tudo isso dificultou a apresentação das propostas. Com a nova data, os envelopes serão abertos no dia 17 de julho e a homologação dos resultados está prevista para o dia 21 de agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here