“Mutirão cresce e quem ganha é a população”, afirma Iris

0
371
Foto: Divulgação/Assessoria Governo de Goiás

“O mutirão cresce e quem ganha é a população de Goiânia”, disse o prefeito Iris Rezende,   que encerrou neste domingo (16/06) a 22ª edição do evento em estrutura montada no residencial Eli Forte. No total, 40 bairros da região Sudoeste foram beneficiados. O governador Ronaldo Caiado participou da abertura, no sábado (15/06). O estado, pela primeira vez, disponibilizou 30 serviços às comunidades que, somados aos 120 do município, chega a 150.

Iris celebrou o fato de, somente no primeiro dia do mutirão, no sábado (15/06), terem sido realizados mais de 20 mil atendimentos. Ele fez um retrospecto desde que resolveu importar a experiência do campo para Goiânia, a partir de 1966, quando assumiu a gestão municipal pela primeira vez.  “Isso não pega na cidade, é coisa de roça”, lembra Iris, referindo-se aos comentários da época. “Não passou muito tempo, ganhamos notoriedade em nível nacional, sendo que um marco foi a reportagem da revista Realidade”, cita.

“Hoje, é a ONU que convoca mutirões pelo mundo afora”, destaca o prefeito. “E tudo começou aqui em Goiânia porque nossa população é especial, solidária, participativa e a mais cosmopolita do Brasil”, enumera. “Aqui é a composição da raça e da garra de pessoas que tiveram coragem de sair de cidades distantes. Vieram para cá sabendo que iriam vencer na vida e criar um novo tempo para seus filhos”, pontua. “Mutirão é solidariedade, amor, participação, é as forças que se juntam em busca do bem comum”, conclui.

O governador Ronaldo Caiado disse, no sábado, que os mutirões levam atendimentos à população dos bairros e o estado não poderia ficar de fora desse “excepcional modelo” de prestação de serviços idealizado por Iris. “A iniciativa, de fato, é uma forma inteligente de atender às necessidades mais urgentes da população”, disse ele.

Expansão
Desde que foram retomados nesta gestão, em junho de 2017, os mutirões já fizeram mais de 1 milhão de atendimentos nas 22 edições realizadas em todas as regiões administrativas de Goiânia. São oferecidos serviços de todas as secretarias da prefeitura, como saúde, educação, meio ambiente, direitos humanos, finanças, procuradoria, assistência social.

O governo de Goiás levou para o mutirão 30 serviços. No Vapt Vupt, a população teve acesso a emissão de carteira de identidade, CPF e de certidões, atendimentos do Ipasgo e Procon. A Secretaria de Desenvolvimento Social disponibilizou informações sobre Bolsa-Família, Passaporte do Idoso, Passe Livre do Deficiente, Carteira do Autista, ônibus para atendimento à mulher, Passe Livre Estudantil e carteira de estudante. Outros oito órgãos do estado estiveram a postos com atividades para os participantes.

Desde a segunda-feira (10/06), a Prefeitura de Goiânia, por meio de equipes das secretarias municipais de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) e da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) atuaram na região Sudoeste com série de ações, como limpeza, tapa-buracos, pintura de meio-fio, roçagem, revitalização da sinalização de trânsito e reforma de prédios públicos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here