Parceria entre Governo e Prefeitura garante início do programa Criança Feliz em Goiânia

0
342
Foto: Divulgação

A primeira-dama Gracinha Caiado participou, neste sábado (15/6), da cerimônia para adesão das primeiras famílias ao Programa “Criança Feliz”, uma parceria entre governo federal, governo do Estado e a Prefeitura de Goiânia. A intenção é fazer um acompanhamento envolvendo vários órgãos dos governos e garantir, de perto, o acesso das 1,5 mil famílias inscritas a serviços públicos básicos. Podem participar famílias com crianças de até três anos, que estejam inscritas no Bolsa Família, ou com filhos de até seis anos, caso receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

“Nós, do governo Ronaldo Caiado e do prefeito Iris Rezende, dizemos em todos os momentos que a nossa prioridade é o povo. Cuidar das pessoas. É fazer um trabalho em benefício daqueles que mais precisam”, ressaltou Gracinha Caiado, durante o evento, que ocorreu no Colégio Municipal Joaquim Câmara, no Residencial Jardins do Cerrado IV.

O primeiro passo do trabalho é a inscrição das famílias. Assim, a partir do segundo semestre, começam as visitas domiciliares para fortalecer vínculos. O programa visa promover o desenvolvimento integral na primeira infância, oferecendo ações fundamentais nas áreas de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos.

O programa abrange 60 iniciativas com ações sociais, de pedagogia, psicologia, design de moda, nutrição, odontologia, enfermagem, biomedicina e terapia ocupacional. O método de trabalho consiste em visitas semanais às residências para atuar no estreitamento de laços familiares, relações sociais e consciência de direitos. Cada família que aderir ao programa irá estabelecer qual dia quer receber a visita dos profissionais.

O secretário municipal de Assistência Social de Goiânia, Mizair Lemes Júnior, fez questão de afirmar que o programa está tendo início no Jardins do Cerrado a pedido da primeira-dama Gracinha Caiado, que sabe da maior carência de serviços e infraestrutura na região. “Sabemos que vocês precisam de políticas públicas do Estado e da Prefeitura”, sublinhou.  Segundo Mizair, a previsão é que 200 famílias só da região se encaixem nas regras e possam aderir ao Programa “Criança Feliz”.

Gracinha Caiado disse que agora todos os envolvidos na operacionalização do programa irão buscar as crianças para que tenham o apoio do poder público. Ela destacou que o programa é uma das prioridades do governo federal. “Esse programa é a menina dos olhos do ministro Osmar Terra. Tenho certeza que o Jardins do Cerrado, onde estamos fazendo esse levantamento inicial, será exemplo. Vocês verão o quanto esse programa é bom e o quanto vamos poder cuidar das famílias”, reforçou a primeira-dama.

O secretário Estadual de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral, destaca que o Criança Feliz investe na formação do ser humano e agradeceu a parceria da prefeitura de Goiânia para implantação da iniciativa.  “Tenho certeza que esse trabalho de mãos dadas, Governo de Goiás e Prefeitura de Goiânia, irá avançar em todos os setores da Capital, e no Entorno de Goiânia. Nós nos colocamos à disposição para, juntos, conseguirmos atender todas as pessoas, podendo implantar toda a rede de proteção social em parceria”, garantiu.

Ainda conforme Mizair Lemes, as famílias que aderirem ao programa vão perceber rapidamente a melhora de qualidade de vida dos filhos. “Este é um programa para ajudar a cuidar dos filhos de vocês. Vamos ajudar a acompanhar a saúde, a parte social, a educação de suas crianças. Nossos profissionais vão orientar as famílias em todas as áreas”, assegurou.

A primeira família a integrar o programa, assinando o termo de adesão e autorização, foi a de Letícia Lorrainy Silva e Ronilton Mendes. Eles têm dois filhos: Cayo, de dois anos, e Kevyn, de oito meses.  Feliz com o acompanhamento que irá receber, Letícia disse que não sabia do programa e que está bastante satisfeita com a oportunidade. “Espero que este benefício chegue não só para mim, mas para todos. Agora estou na expectativa e espero logo receber esse acompanhamento”, relatou.

Educação
Durante o evento, Gracinha Caiado também conversou com a população e sabendo da demanda de uma escola estadual na região, disse que vai lutar para a implantação de uma unidade no Jardins do Cerrado IV. “Quero dizer para vocês que o que eu falo, cumpro. Lá no Jardins Cerrado I, também não tinha, mas já levamos salas de aulas para o ensino fundamental II e ensino médio. Vamos fazer isso aqui. É o nosso compromisso. Não é política eleitoreira, não é promessa. É cuidado, preocupação, responsabilidade. Porque não acredito em Governo, País ou em um Estado que não cuidem da educação das crianças”, assegurou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here