Prefeito Iris Rezende adianta negociação para privatização do Eixo Anhanguera

0
360

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, e o governador Ronaldo Caiado se reuniram no início da tarde desta terça-feira, 09, com o objetivo de discutir melhorias quanto à prestação de serviços do Eixo Anhanguera em Goiânia. O encontro ocorreu no Palácio das Esmeraldas e contou com a participação de representantes do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e auxiliares da gestão municipal.

Em fevereiro deste ano, um acordo assinado entre o Governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia já previa a devolução da concessão da linha para a Capital e sua posterior privatização. A audiência de hoje serviu para avançar nas negociações, uma vez que o município já emitiu um parecer jurídico favorável à mudança.

Na oportunidade, o prefeito Iris Rezende afirmou que o caminho para privatização da linha está sendo construído em parceria com Estado e com o MP-GO. ‘Vamos garantir que uma empresa preste, de forma digna, este serviço aos usuários do Eixo. Não podemos permitir que um meio de locomoção tão importante para cidade continue atuando tão precariamente’, destacou.

Em seguida, Iris Rezende destacou que as mudanças serão promovidas sem afetar os usuários do transporte público. ‘A transição da linha deve ser feita de forma pacífica para não prejudicar os usuários. Queremos garantir um avanço na prestação do serviço do Eixo sem qualquer trauma. Todas as preocupações da população, como valor da tarifa, também são nossas. Não deixaremos de prever nenhuma situação’, disse.

Com a mudança, serão realizadas melhorias e obras estruturais nos terminais e nas plataformas do Eixo Anhanguera. Estão previstos também a aquisição de novos ônibus com a tarifas mais justas.

Além do prefeito Iris Rezende e do governador Ronaldo Caiado, a audiência contou ainda com a presença do presidente da Metrobus, Paulo Reis, da promotora do Ministério Público de Goiás, Leila Maria de Oliveira, do secretário de Governo do município, Paulo Ortegal, do procurador-geral de Goiânia, Brenno Kelvys, da procuradora-geral do Estado, Juliana Prudente, do presidente da Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC), Benjamim Kenedy.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here