Tribuna do Planalto: Uma história de bom jornalismo

0
646

A Tribuna do Planalto, que completa 33 anos esta semana, acompanha com olhar atento e descreve de forma precisa os fatos que explicam o desenvolvimento de Goiás desde 1986. Nesse período, o jornal criado e dirigido por Sebastião Barbosa viveu igualmente diversas mudanças, sempre fazendo frente às constantes transformações na comunicação ao longo dessas mais de três décadas.

A Tribuna sempre foi um celeiro de bons jornalistas e, sobretudo, de bom jornalismo. Por lá passaram ícones do jornalismo goiano como Luiz Carlos Bordoni, Vassil Oliveira, Elizeth Araújo, Eduardo Horácio e tantos outros. Vassil teve a missão de conduzir a principal mudança no veículo, em 2004, ao deixar para trás uma marca consagrada, o Jornal da Segunda, e mexer com o cenário do jornalismo impresso com a chegada da Tribuna do Planalto.

Foi nessa mudança, em 2003, que tive oportunidade de contribuir com o jornal. Recém formado, cheguei para cobrir a ausência pontual de um amigo. E fui ficando. Fui repórter de cidades, logo depois migrei para a cobertura política. Passei a editor e colunista e, em outra passagem, ajudei a editar o jornal ao lado de Deusmar Barreto, outro consagrado nome da imprensa de Goiás.

A redação da Tribuna sempre foi tão rica em bons profissionais que sempre foi um dos orgulhos de Sebastião Barbosa. Por lá passaram diversos profissionais que posteriormente foram se aventurar por outras redações ou assessorias, sempre com capacidade e brilho. Ter participado desse time por muitos anos me orgulha.

Que novas gerações de jornalistas passem pela Tribuna do Planalto e lá cresçam. Que continuem produzindo um veículo crítico, relevante e com a contundência que o jornalismo impõe e que o leitor sempre esteve acostumado.

Por Filemon Pereira foi jornalista e editor chefe da Tribuna do Planalto

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here