Em Aparecida de Goiânia, moradores do Bairro Santa Luzia e região recebem Mutirão Contra o Aedes Aegypti durante toda a semana

0
330

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) segue empenhada no combate à proliferação do mosquito da dengue em Aparecida, com ações que acontecem em diversas frentes espalhadas pela cidade. Na segunda-feira, 16, foram os moradores da região do Santa Luzia que receberam o mutirão de ação Municipal contra o Aedes Aegypti, que está em sua segunda etapa e seguirá com cerca de 40 agentes de endemia atuando durante toda a semana. “Estamos dando prosseguimento à política de controle dos focos do mosquito da dengue em Aparecida levando nossos agentes aos domicílios e estabelecimentos comerciais do bairro. A ação acontecerá entre os dias 16 e 24 de setembro.

Ao todo estarão envolvidos cerca de 40 trabalhadores, que devem visitar cerca 8 mil imóveis. O coordenador da Vigilância Ambiental, Iron Pereira, explica que além das visitas em domicílios, também haverá coleta de pneus em borracharias, praças, avenidas e terrenos baldios e de ações educativas. “Está comprovado que 80% dos criadouros das cidades se alojam dentro dos imóveis. As pessoas estão convivendo com o perigo. Por isso a importância de se fazer a manutenção preventiva, limpeza de calhas, nos tambores de água, bebedouro dos animais e nas cisternas abertas ou parcialmente abertas. Tire 15 minutos por semana e nos ajude a eliminar toda a possibilidade de reprodução do Aedes Aegypti e da transmissão da dengue” – pontua.

Iron Pereira explica que apesar de todas as ações tomadas ainda existe uma alta incidência de casos por conta do descontrole vetorial. “A importância de se fazer essas visitas de forma intensificada é devido à quantidade de ovos que ficam no ambiente doméstico. E com a chegada do período chuvoso esses ovos vão eclodir e logo passarão a ter contato com a água, quando começa o período de transmissão. Então a população deve se conscientizar neste momento, relacionado à transmissão da dengue, haja vista que também existe transmissão agora, antes das chuvas. Por isso temos todos o dever de retirar ao menos 15 minutos para vistoriar o quintal, checar calhas e se assegurar de que o lixo está acomodado de forma adequada”.A campanha seguirá orientando moradores de todas as regiões do município sobre como combater a proliferação do mosquito agora, antes do período das chuvas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here