Segundo Ipea, mercado só gera emprego que paga até dois salários mínimos

0
198
Foto: Jorge Rosenberg/VEJA

Em dados da Carta de Conjuntura divulgada pelo Ipea praticamente todas as novas vagas com carteira de trabalho assinada geradas no país em 2019 possuem uma remuneração máxima de até dois salários mínimos.

No documento, apenas as duas primeiras faixas salariais (de até um e de até dois salários) possuem saldos positivos, ou seja, o número de contratações supera o de demissões no primeiro semestre do ano. Para os demais níveis salariais, mais altos, a dispensa de trabalhadores é maior que o total de admissões.

Estudo também identificou que maior parte dos trabalhadores com carteira demitidos é aquela com menos tempo de casa. Em contrapartida, a menor parcela dos trabalhadores dispensados é formada por profissionais com mais de cinco anos de permanência no emprego.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here