Goiânia receberá bairro planejado na região noroeste

0
493

Com 66 bairros e 163 mil habitantes, segundo dados do Anuário Estatístico de Goiânia, a região noroeste tem contingente populacional maior do que a maioria dos municípios goianos. Trindade, por sua vez, é a terceira maior cidade da região metropolitana, com 125 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em sua divisa, está Goianira, com 43.260 mil habitantes vem apresentando uma taxa populacional recorde, de 4,77% ao ano de 2010 a 2018 – bem acima da de Goiânia (1,77%) e do Brasil (1,2%).

A perspectiva é que a região continue crescendo. Conforme da taxa de crescimento vegetativo da população desses municípios medida pelo IBGE, até 2024, Goianira receberá um incremento de 13.951 moradores – um aumento de quase um terço de sua população atual. Já Trindade, com taxa de crescimento vegetativo da população estimado em 2,4% ao ano, deve ganhar mais de 19 mil habitantes no mesmo período. Goiânia deverá ganhar mais 166.002 moradores – os números não incluem a migração.

Por isso mesmo, a expansão urbana nessas cidades deverá avançar, especialmente nas áreas disponíveis. Uma delas é um espaço de cinco milhões de metros quadrados sem urbanização, situado acima GO-060 (a Rodovia dos Romeiros), e entre as rodovias GO-070 e GO 469, limítrofe aos três municípios. Na última área de Goiânia deste entroncamento, a Tropical Urbanismo juntamente com o grupo Arquienge preparam o lançamento de um novo bairro planejado. Serão 484 mil metros quadrados, cujo masterplan prevê 16 áreas de incorporação, divididos em quatro quadrantes, cada com áreas verdes e institucionais no meio.

O bairro deve receber três mil unidades residenciais, voltadas à classe econômica, com valores compatíveis com o programa Minha Casa Minha Vida. De acordo com o grupo empreendedor, o tempo estimado de conclusão do bairro é de oito anos, que gerar aproximadamente 950 empregos diretos e indiretos durante a implantação.

Duas extremidades do bairro serão circundadas de lotes comerciais – cujas vendas iniciaram a partir dessa semana (iniciada em 19 de agosto). “Ao invés de incluir um mall, optamos por implementar a área comercial para atender também à vizinhança da região”, explicou Antônio Carlos da Costa, diretor da Tropical Urbanismo.

Uma das avenidas que irá receber a parte comercial está sendo implantada pelo grupo empreendedor, que se tornará o acesso urbano ao Centro Histórico de Trindade para quem vem da região noroeste da capital, de Goianira ou está no Trindade 2 – parte leste da cidade, próxima à divisa com a capital, onde vivem cerca de 50 mil moradores que só tem acesso ao Centro Histórico de Trindade por rodovia atualmente. A via, que terá 7,6 quilômetros, já começou a ter um trecho implementado na área do bairro planejado e também será uma opção mais curta de deslocamento.

O primeiro residencial tem previsão para lançamento no início do ano. Serão apartamentos em edificações de dois pavimentos. O adensamento deve aumentar nos próximos lançamentos, mas, segundo Antônio Carlos, não deverá ultrapassar 300 habitantes por hectare (ou 10 mil metros quadrados). Essa pré-definição, ele explica, é importante para se conseguir assegurar o equilíbrio na ocupação urbana.

“Com esse volume de adensamento, é possível criar um espaço que assegure a qualidade de vida aos moradores e, ao mesmo tempo, mantém a viabilidade para a administração pública levar os serviços necessários”, diz o empreendedor. Quando a quantidade é pequena, os serviços públicos tornam-se caros. Quando a quantidade é grande demais, os espaços institucionais e públicos podem não ser suficientes para atender bem aos moradores.

Ele lembra que, no bairro planejado, o projeto tem com logística pensada para atender os moradores em todas as suas necessidades, diminuindo inclusive sua necessidade de mobilidade. Os espaços urbanos são desenvolvidos com infraestrutura calculada, com os equipamentos complementares previstos – como espaços para praças, comércio e serviços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here