Goiás Parcerias faz corte de 70% dos gastos

0
448
Imagem: Reprodução/Internet

Companhia abriu mão de veículos e rescindiu contratos de prestação de serviços

O presidente em exercício da Goiás Parcerias, Heitor Camargo, vem realizando uma série de medidas desde que assumiu o cargo interinamente na estatal. As ações têm o objetivo de reestruturar e recuperar a saúde financeira da Companhia.

O gestor abriu mão de dois veículos e dois motoristas que ficavam à disposição da diretoria da Goiás Parcerias. Além desse, outros contratos foram rescindidos, resultando em uma economia de quase 70% das despesas com prestação de serviços para a estatal e, consequentemente, para os cofres do Estado. A atuação está alinhada com a política de redução de despesas implementada pelo Governo de Goiás.

Em dois de janeiro deste ano, o governador Ronaldo Caiado assinou um decreto que estabelece medidas de contenção de gastos com pessoal e outras despesas recorrentes para manter o equilíbrio das contas públicas e cumprir os limites fixados da Lei de Responsabilidade Fiscal. O artigo 2º do decreto determina a reavaliação da essencialidade dos contratos em vigor e da economicidade da contratação.

De acordo com Heitor Camargo, a Companhia passa por um momento em que todos os gastos precisam ser revistos baseados no princípio da eficiência para que a execução das atividades possa continuar de maneira eficaz. “Todos os contratos estão sob análise. Precisamos cortar custos para reestruturar a Companhia financeiramente e estamos fazendo o necessário para atingir esse objetivo”, afirma o presidente.

A reavaliação dos contratos e rescisões fazem parte das consideráveis ações realizadas pelo presidente interino da Goiás Parcerias que já havia cortado 50% do quadro de funcionários da estatal (hoje já supera 60%) com o objetivo de conter despesas. Outras medidas administrativas, além da contenção de gastos, continuam sendo tomadas para reestruturar a Companhia e dar segmento aos projetos de parcerias e investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here