Fique por dentro

0
370

Frejat, voz e violão

O cantor, compositor e guitarrista Roberto Frejat  se apresenta em Goiânia no dia 11, no Teatro Rio Vermelho, às 20h. Desde 2001 em carreira solo, o ex-vocalista da banda Barão Vermelho, completa 30 anos de carreira. O show, no formato voz e violão, relembra sucessos como “Todo Amor Que Houver Nessa Vida”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Maior Abandonado”, “Bete Balanço”, “Eu Queria Ter Uma Bomba”, “Pedra, Flor e Espinho”, “O Poeta Está Vivo”, “Pense e Dance” e “Por você. Os ingressos estão sendo vendidos na Alpha Tickets e República da Saúde.

Melhores do Mundo

A Cia. Os Melhores do Mundo traz a Goiânia a comédia “Os Melhores do Mundo Futebol Clube”, no dia 12, às 19h30h, no Teatro Rio Vermelho. Os ingressos custam a partir de R$ 30,00 e podem ser comprados nas Óticas Vida (Flamboyant, Araguaia Shop. e St. Aeroporto), Livraria Leitura, Lojas Seals (Shoping Bougainville e Passeio das Águas) e site https://www.originalingressos.com.br/teatro/detalhes/282. É possível comprar ingresso social, mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.

Black music em nave espacial com Ícaro Silva

Ícaro Silva desembarca em Goiânia com o musical “Ícaro and The Black Stars”, no Teatro SESI. As sessões serão nos dias 19 de outubro (sábado), às 21h, e no domingo, 20, às 20h. Ícaro venceu o “Show dos Famosos” (do Faustão), foi destaque no espetáculo “S’imbora, o Musical” (sobre a vida de Simonal) e recentemente esteve no ar na novela “Verão 90” (Rede Globo). A paixão pela música negra, a black music, foi o ponto de partida para Pedro Brício e para o próprio Ícaro como artista. Segundo o diretor, o espetáculo é extremamente divertido, dinâmico e apresenta repertório de grande qualidade. Além disso, temos a brincadeira de que o elenco é uma banda que está em uma nave espacial, que aborda também um lado lúdico, não comum de se ver em um show. Os ingressos custam R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). Eles podem ser comprados na Komiketo Sanduicheria, da Avenida T-4, no Setor Bueno ou pelo site https://www.ciadeingressos.com/evento/icaro_and_the_black_stars_teatro_sesi_44258

 

Dica de leitura

Um dos livros mais lidos este ano foi escrito em 1985. O Conto da Aia é um romance distópico, da canadense Margaret Atwood, de ficção futurista ambientada em um Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo. O Conto da Aia tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu. Em meio a todo este burburinho, O Conto da Aia volta às prateleiras com nova capa, assinada pelo artista Laurindo Feliciano, e tem servido de oráculo dos EUA da era Trump. O livro é encontrado nas melhores livrarias ao custo médico de R$ 30.

 

Joaquin Phoenix como Coringa

Se você ainda não conferiu a memorável interpretação de Joaquin Phoenix interpretando Coringa, corra para a sala mais próxima de cinema! Ele dá vida a Arthur Fleck, um palhaço que trabalha para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante. O filme estreou dia 2 e é considerado pela crítica como um dos melhores filmes da década.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here