Andrey Azeredo critica projeto que cria um fundo para administrar recursos do duodécimo

0
377
O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Andrey Azeredo (PMDB)

O vereador Andrey Azeredo (MDB) é crítico contumaz ao projeto que cria um fundo na Câmara de Goiânia para administrar recursos que eventualmente “sobrem” do duodécimo – mais de R$ 11 milhões/mês – que a Prefeitura de Goiânia repassa ao Legislativo municipal.

Andrey defende que tal verba seja devolvida integralmente ao Executivo para que seja aplicado em obras e serviços para a população da Capital. Em sua gestão como presidente da Câmara (2017-2018), o emedebista repassou ao Tesouro Municipal aproximadamente R$ 30 milhões (R$ 17 milhões no primeiro ano; R$ 13, no segundo). “Sou totalmente contra represar estes recursos, que podem ser a solução para muitos problemas dos contribuintes”, diz Andrey.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here