Designer goiana leva exposição sobre modernismo brasileiro para Madrid

0
313

O livro enquanto objeto de discurso. Esta é a proposta da exposição Ci. Por una antropofagia contemporânea, que começou no último dia 24 de setembro e segue até 24 de outubro, em Madrid, na Espanha. As idealizadoras são Shay Reis, goiana, designer, fotógrafa e artista visual e a carioca Andréa Bellotti, também designer e artista visual. Juntas, elas utilizaram o Manifesto Antropófago, de Oswald de Andrade, como ponto de partida para discutir os ataques nacionais sofridos contra as diversidades culturais em uma proposta contemporânea.

De acordo com a crença indígena, Ci é a origem e preside o destino das coisas que dela se originaram. O indígena não concebe nada do que existe sem mãe. (Dicionário do folclore brasileiro). “Ci, mãe no mato” é também o terceiro capítulo do livro Macunaíma, de Mário de Andrade, publicado em 1928, mesmo ano em que é publicado o Manifesto antropófago de Oswald de Andrade. Daí partiu o nome da exposição.

O convite foi feito pela editora espanhola Ediciones Ambulantes e a viagem foi possível graças ao apoio da Fundação Cultural hispano-Brasileira (criada pela embaixada do Brasil na Espanha e pela universidade de Salamanca). A exposição acontecerá na La Fabulosa, livraria localizada na Calle de Santa Ana, 3.

Shay Reis explica que a exposição conta com esculturas em livro, mosaico de livro fotografia entre outras derivações. “O debate é sobre o brasileiro enquanto povos originários e como o colonialismo afetou nossas raízes. Falamos de sociedade matriarcal e também nos ataques culturais, etimológicos, sexuais, políticos e religiosos que o país enfrenta. Tivemos, inclusive a criação da mixologista Mariana Burity, que desenvolveu um perfume a partir da raiz de priprióca, que ambienta a exposição. Este é um esforço criativo de traduzir sinestesicamente, da imagem ao cheiro, nossa percepção de um Brasil que luta para se redescobrir, se assumir e se afirmar diverso”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here