Furnas leva estudantes para conhecer a profissão de engenharia

0
529

As mulheres ainda são minoria no mercado de trabalho brasileiro: mesmo representando 52,3% da população em idade ativa, apenas 43,3% integram esse espaço. Isso é observado já em alguns cursos da universidade. De acordo com o INEP (2015), as matrículas do sexo feminino representavam cerca de 1/3 nos cursos de engenharia em instituições públicas. No caso específico da Universidade Federal de Goiás, a situação é ainda menos inclusiva, com a presença de apenas 23% de estudantes do sexo feminino dentre o total de discentes em junho de 2017 (Hora, et al. 2018).

Com o intuito de melhorar a baixa presença de mulheres na engenharia, Furnas em parceria com a Escola de Engenharia Civil e Ambiental (EECA) da Universidade Federal de Goiás e o CREA, lançam o projeto “Conversa de Meninas e Engenheiras: semeando oportunidades para a igualdade de gênero nas ciências”. No dia 13, às 10h30, um grupo de 45 estudantes de três escolas públicas de Goiânia – todas elas mulheres – que participam do projeto- visitam o laboratório de Furnas em Aparecida de Goiânia.

Durante a visita meninas entre 14 a 16 anos irão conhecer os laboratórios onde são desenvolvidos experimentos relacionados ao solo, mecânica das rochas, concreto, túnel do vento, geração eólica, metrologia, entre outros. O objetivo da iniciativa é estimular o interesse de estudantes do sexo feminino de ensino básico e fundamental de Goiânia para a área de engenharia, apresentando temáticas sobre este campo do conhecimento e suas aplicações a partir de projetos desenvolvidos pela Universidade Federal de Goiás.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here