A capital do sertanejo abre alas para o samba de gafieira

0
286

Nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro Goiânia recebe, pela segunda vez, o SunBá, maior workshop de samba de gafieira de Goiânia, voltado àqueles que se interessam e simpatizam pelo ritmo carioca. “Para a segunda edição estamos preparados para receber 20% a mais de alunos workshops do que tivemos no ano passado. Essa edição do SunBá conta com uma atração a mais que no último ano, já que dessa vez temos 5 professores, enquanto na edição anterior tivemos 4”, conta o professor e idealizador do projeto Jairo Rodarte.

Diferentemente das aulas regulares de uma escola de dança de salão, o Sunbá tem como objetivo aperfeiçoar o samba de gafieira de quem já pratica a modalidade, de forma profissional ou amadora, trazendo novidades e atualizações sobre esse estilo de dança. Os bailarinos Robinho e Evelin, Taís Benite e Alexandre, e Rodrigo Marques conduzirão o curso que tem capacidade limitada para 100 alunos.

“Robinho e Evelin são professores extremamente modernos, que trazem consigo a tradição das raízes do samba. A Taís é uma referência para as mulheres, além de ser uma dançarina também de referência nacional em todos os quesitos. O Alexandre, que vem em parceria com a Tais, traz o moderno discurso de que para se dançar bem não é preciso ser espalhafatoso, defendendo que menos é mais na dança. Rodrigo Marques foi dançarino do Diogo Nogueira, e isso já o faz ser um grande profissional do samba. Ele é supertalentoso e tem mais de 20 anos de carreira”, explica Jairo Rodarte.

Para participar da segunda edição do SunBá é preciso ter paixão pelo ritmo carioca e disponibilidade em mergulhar no mundo do samba durante um fim de semana que promete ser intenso. Além do intensivo, o evento de dança conta ainda com uma festa, aberta aos participantes e à comunidade, que será realizada na sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos do Estado de Goiás (Assego), no dia 30, à partir das 21h. Será um momento de descontração para colocar em prática as experiências com o ritmo e o que está sendo aprendido durante o curso. As inscrições para o workshop podem ser realizadas na sede da Somos Vivência em Arte, na Rua T-35, no St. Bueno, mesmo local onde já podem ser adquiridos os convites para a grande festa, que custam R$25 (antecipadamente) e R$35 (na hora).

Os professores

Nascida no Rio de Janeiro, Tais Benite é dançarina e coreógrafa. Atuou por cinco anos como professora no Espaço de Dança Sheila Aquino e Marcelo Chocolate, mesmo local onde começou sua carreira profissional. Hoje a dançarina ministra cursos, workshops e congressos por várias partes do Brasil e do exterior.

A malandragem carioca, os movimentos precisos e uma paixão: o samba. Esse é um dos principais ingredientes que contam a história do casal Robinho e Evelin, professores de dança do Rio de Janeiro. Eles foram campeões do maior espetáculo de gafieira do mundo, o Gafieira Brasil 2016, e do Campeonato de Samba Swing do Black, em 2014. Com tora essa trajetória, o casal viaja pelo Brasil e pelo mundo com aulas e shows, levando a cultura carioca das gafieiras para cada canto, a fim de fomentar a cultura brasileira como um patrimônio universal.

O dançarino Rodrigo Marques resolveu fazer da arte sua profissão há 20 anos. Durante 6 anos Rodrigo fez parte da equipe de bailarinos do cantor Diogo Nogueira, hoje ele atua como diretor artístico da Cia de Dança Carlinhos de Jesus e tem vasta experiência em levar as danças de salão para os palcos. Rodrigo Marque já representou a cultura brasileira dançando em vários países, como China, Cuba, Angola, Espanha e Tailândia. Como se não bastasse o renomado currículo, o dançarino também é produtor e idealizador do Gafieira Brasil, o maior evento de Gafieira do Mundo, e do International Samba Congress, que é realizado em Los Angeles.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here