Escolinha de futebol socializa crianças e adolescentes da Redenção

0
292
Foto: Luiz Fernando Hidalgo

Na sociedade em que vivemos, o esporte se constitui como importante fator social e pedagógico de integração, desenvolvimento e lazer para as crianças, além do incentivo à prática esportiva visando à saúde. Pensando nisso, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), desenvolve projetos de iniciação esportiva por toda a capital. Um deles é a escolinha de futebol da Vila Redenção, em funcionamento há 30 anos.

Três vezes na semana, crianças de 6 a 14 anos participam de aulas de futebol de campo no Centro Promocional do bairro (Ceprom), conhecido como Campo do Muranga. O professor responsável é Wendel da Costa, da SME, que das 9h às 11h atende cerca de 110 crianças da região. Nas iniciações esportivas, toda a comunidade local pode se inscrever, não se restringindo apenas a alunos de instituições de ensino municipais, e a participação das famílias no processo de aprendizagem é de fundamental importância.

Wendel conta que ampliou o atendimento para crianças a partir de seis anos de idade devido à demanda da comunidade da região. “Abrimos as aulas para as turmas de seis anos no sentido de atender uma demanda que a gente tinha no setor. Os meninos sofriam de uma ansiedade pré-oito anos, ficavam doidos para entrar na escolinha. E foi muito legal, a energia deles nos contagia para realizarmos um trabalho melhor”, disse o professor, que também foi aluno da escolinha durante a infância.

Quem também foi aluno no Ceprom quando criança foi o empresário Thiago Borges, pai do Matheus, hoje aluno da iniciação esportiva. Ele contou o motivo de ter matriculado o filho e quais as mudanças observou no comportamento da criança a partir da prática esportiva. “Decidi colocar meu filho na escolinha para poder gastar energia. Ele ficava muito em casa, jogando videogame. Antes, ele era bastante agitado e agora já vejo que está mais calmo, mais manso”, explicou.

Com a equipe montada, o professor levou os alunos para disputar o Festival Esportivo no mês de outubro. Layan Martins, de seis anos, foi uma das crianças que participaram do evento. “O que eu mais gosto nas aulas é que a gente pode aprender a jogar e também porque é muito perto da minha casa, por isso que é bom. Gosto muito das aulas, às vezes jogo no ataque e às vezes jogo no meio. Participei do Festival Esportivo, jogamos muito bem. Não fiz nenhum gol, mas toquei para fazer os dois gols do nosso time”, celebrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here